"FÉNIX"

Colectânea Literária

POESIA

 
   
   
 

MÚSICA SANTA


canto
(en) canto
e o murmúrio
é santo
fonte
(des) astro (sa)
in
ter
li
ga
da
no olhar
árida boca
a can
tar. (1) CANTO –vivo – AMAR.

Alberto Araújo

 
   
   
 

ESPERANÇA (outro poema)


Quando
a espera chega
encanto-me e vejo uma
guerreira bela, belas manhãs prenhes
e túrgidas
certeza:
amor veemente,
e os meus olhos
plantam uma esperança permanente
quanto à guerreira;
os seus sentimentos
são loquazes,
e ramificam-se em meu peito
eternamente.

Alberto Araújo

 
   
   
 

BOCA CAPTURADA


Tua boca
capturada
lábios de mordidas pétalas
(resguardam um tango)
uma boneca,
uma paixão em cascatas se conexa
ar dilacerando coração
feito um carrossel de
amor sem fim.

Alberto Araújo

 
   
   
 

TRAÇOS DE UMA BELA IMAGEM


Há no quadro
uma pintura íntima
rosto de uma bela guerreira
no corpo
um intenso desejo
e no coração, uma candente paixão
ser de um imenso delírio
e de eternas cores – azuis
verdes e a cor catedrática marfim
e além
misturam-se num suntuoso jardim
que nasce a todo instante dentro de mim.

Alberto Araújo

 
   
   
 

DELÍCIAS DE UMA PAIXÃO


Numa trajetória
alucinante – a paixão, o delírio são texturas
que pulsam – e sob o coração o amor vive –
e nessa vivência o sol atravessa os poros e
amadurece a luz – luz de uma intensa vida
que irá crescer e perdurar muito além do horizonte

vida

:

fruto de uma esperança
instaurada plenamente na tela siderante
numa trajetória:
o amor cai em órbita
e crava-se no coração amante.

Alberto Araújo

 
   
   
 

NA TERRA DA MULHER, EU CANTO


Na terra
da mulher, eu canto
mansidão de
oceano (en)canto
- mulher, anjo
que fascina.
pássaro vivo: atento.
puro sol – força
e esplendor sob os pássaros
- mulher, estrela
de cristal acima do universo
e dos astros
se tem luar no céu: (en)canto
a mulher pode tudo

Alberto Araújo

 
   
   
 
Livro de Visitas