"FÉNIX"

Colectânea Literária

POESIA

 
   
   
 

MUNDO NOVO


É aqui
onde o verde das ruas
é o curso e percurso
indefinido, ilimitado
dias brancos
e superfícies lapidadas
do Equador ao extremo sul da pérola
pontos babilônicos, tardes violetas e azuis
nas linhas esféricas do coração terrestre
horizontes, densas álgebras
onde se pode ver a
música, a lã, os rios
mundo novo é aqui
onde o amor oferece
a face, o sumo, sonhos e desafios.

Alberto Araújo

 
   
   
 

POEMA PARA O AMOR


Para o amor
um galho de alecrim
e não há dúvidas
que o seu sabor está
aceso dentro de mim
chove, e há farturas
no chão do RIO
para o amor
um abraço, e tudo
que me abraça, e tudo
que se desata
para o amor
a explosão, o meu céu
o melhor de tudo
que sou seu admirador fiel
mesmo que tenha tropece
tenho esperança
o amor me deu um
punhado de conchas
e do seu arco milenar
uma aliança.

Alberto Araújo

 
   
   
 

MINHA AMADA

A Shirley minha esposa


Plácido desejo
que me envolve até
os ossos
porvir
a margem da minha
cachoeira
vila tranquila
e de sabor indiscutível
felicidade, amor
no gesto exato da nuvem
branca no céu
aqui estou, e o teu
Rio me abraça em
plena lua de mel.

Alberto Araújo

 
   
   
 

COLAR DE PÉROLAS


Um colar de pérolas
permeado de desejo e um beijo
é tudo que preciso para adoçar
a minha comida
olhos e bocas
podem entrar pela fresta da janela
precisadamente numa manhã de outubro
e sobre
meu corpo no cio
toda a laca e tripas insensatas – desatam
e tudo que a natureza inventou
um colar de pérolas
folheado de amor e uma boca atrevida
é tudo que preciso
para adoçar a minha vida.

Alberto Araújo

 
   
   
 

PRESENÇA


Poder sentir
a presença de Deus
no amor, e nos obstáculos
poder ver
cada criança
que chega ao mundo
poder sentir
o coração pulsar
entre quatro paredes
poder ver
a memória do telefone
quando outro, quando a voz
seja fósforo
poder ver
o poema morder
o próprio dente
poder ganhar
um amigo, nunca
ofendê-lo.

Alberto Araújo

 
   
   
 

LENÇO BRANCO


Deus
o meu amor por ti
é um lenço branco
e tem a face da sintaxe
absurdamente coerente
Deus
o meu amor por ti
tem alegrias e esperança
e nunca estanca
Deus
em terras brandas
pus o teu corpo
junto ao meu coração,
o céu se abriu[...]

:

justamente na palma
da minha MÃO

Alberto Araújo

 
   
   
 
Livro de Visitas