"FENIX"

Colectânea Literária

POESIA

 

 

 

ALBERTO LISBOA COHEN

 

 

 

"CATADOR DE MOMENTOS"

 

Seleção de poemas da Editora Alcance
By Alberto Lisboa Cohen
Direitos autorais reservados
Revisão: Tânia Melo e Editora Alcance
Editoração eletrônica e capa: Rafael Porto
Editor: Rossyr Berny
Contato com o autor:
E-mail: albertolcohen@yahoo.com.br

Dados Internacionais de Catalogação na Publicação
C867c Cohen, Alberto
Catador de Momentos/Alberto Cohen
Porto Alegre : Alcance, 2011.
104 páginas

1. Literatura brasileira. 2. Poesias. I. Título.

CDU: 869.0(81)-1
CDD: 869.917

Bibliotecária: Simone da Rocha Bittencourt – 10/1171

ISBN: 978-85-7592-206-4

 

 

 

BIOGRAFIA

Advogado reside em Belém do Pará, onde nasceu em 12/02/42. A partir de 2003 decidiu expor seus poemas. Participou de alguns concursos literários nacionais e internacionais sendo contemplado com as seguintes distinções:
 
Livros Premiados e Editados:

“Poemas Sem Dono”: =Vencedor do II Prêmio Literário Livraria Asabeça - Editora Scortecci - SP – 2003.
“Caminhos de Não Chegar”: =Vencedor do Prêmio de Literatura Instituto de Artes do Pará- IAP - Governo do Estado - PA - 2005.
“Caminhos de Não Chegar”: =Vencedor da Láurea Cidade Poesia (Moderna) - Associação de Escritores de Bragança Paulista - ASES - SP - 2006.
“Juntando Pegadas”: =Vencedor do Prêmio Vespasiano Ramos - Academia Paraense de Letras - PA - 2006.
“Cantigas que a Rua Canta” =Selecionado e publicado pela Editora Alcance - Porto Alegre-RS – 2009.
“Álbum de Recordações” =Selecionado e publicado pela Editora Alcance - Porto Alegre-RS – 2009.
“Menino das Samaúmas” =Selecionado e publicado pela Editora Alcance – Porto Alegre-RS - 2010
“Catador de Momentos” =Selecionado e publicado pela Editora Alcance – Porto Alegre-RS - 2011


Poesias e Poemas Premiados:
 
“Pacto”:
=Vencedor do IV Concurso Nacional de Poesia - Casa do Poeta Brasileiro - Poebras - Salvador-BA – 2003. (Publicado).
“Formal de Partilha”:
=Vencedor da Olimpíada Literária Pôr-do-Sol - Alternativo Pôr-do-Sol - Araraquara - SP- 2005.
”Rosa Vermelha”:
=Troféu Prata - XVI Concurso Nacional de Poesia "Acadêmico Mário Marinho" - Academia de Letras e Artes de Paranapuã - ALAP - RJ - 2005.
“Trilhas”
=Um dos vencedores do “Poemas no Ônibus e no Trem” - Porto Alegre-RS-2008.
“Formal de Partilha”:
=Destaque- 7º Habitasul Revelação Literária na Feira - Palavra de Autor (Escritores profissionais) 52ª Feira do Livro de Porto Alegre /RS - 2006. (Publicado).
“Depois, o adeus...”
=Destaque- II Concurso Benjamim Silva-Sonetos- Acad. Cachoeirense de Letras-ES – 2008.
“Majestic”:
2º Colocado - Concurso Nacional de Poesia “Mário Quintana” - Academia Bauruense de Letras - SP - 2007. (Publicado).
“Justa Causa”:
=Seletiva - Panorama Literário Brasileiro/As 100 Melhores Poesias de 2004 - Cbje - RJ - 2004. (Publicado).
Menções Honrosas
=Qinze (15) em diversos Concursos.

Livros inéditos:

“Sobrevivente de mim”: (Poesia)
“Folhas e Penas”: (Crônicas)

CDS formatados em PPS (comercializados):

“Álbum de Recordações”
“A Poesia de Alberto Cohen”
“Viageiro Coração”
“Semeaduras”
 

 

APRESENTAÇÃO


Por Rossyr Berny (Editor)

Há, na vida, os que catam dramas, aventuras, sortilégios . E, para sorte da literatura, há os que catam momentos puramente poéticos. É o louvavel caso do consagrado poeta paraense Alberto Cohen.
Mais do que buscar estes momentos mágicos, ele os apresenta a nós, seus privilegiados leitores:

Só, enfim, como um náufrago sem ilha
e como Deus deve ser só no meio das estrelas.
Era o só dos sós,
inteiro, indivisível, sem paradigmas,
o cavaleiro andante da individualidade.
Aí viu a sombra...
E chorou por repartir a solidão com ela.
(Só, pág. 18).

Catador de momentos capta, como um flash preciso, os instantes que somente os poetas conseguem perceber e dar vida através de sentimentos e palavras, como em Hologramas, Após o temporal, Cismas, Meandros, O lado escuro da lua, Retirantes, entre outros flagrantes e fragrâncias:

Esta cidade grande me devora.
Um dia, um pedaço do que eu era,
um dia, um pedaço do futuro,
um dia, um pedaço dos meus versos.
(Os dentes da cidade, pág, 95).

Os reclames do poeta inquieto e atento contemplam a cidade, a multidão, a vida, enfim, neste belo e novo livro de Alberto Cohen:

Em meio à multidão que se pertence,
apenas um olhar confuso e tolo
a recolher retalhos de alegria,
a rir sobras de risos esquecidas.
A própria solidão em demasia.
(Catador de momentos, pág 100).

No mais, é deleitarmo-nos com poemas de primeira grandeza.

Rossyr Berny (Editor)
(Porto Alegre – RS - 2011
 

 

 
 
Livro de Visitas

 

 

Clique aqui para ver todos os detalhes e estatisticas do site