COLECTÂNEA LITERÁRIA

PROSA

 

 

Dimythryus

 

 


Reminiscências

Edição Revisada

Itaquaquecetuba - 2008

 

REMINISCÊNCIAS


Este presente memorial, é o resultado de uma proposta de incitada ainda nos tempos de minha Licenciatura em Letras pela minha querida professora de prática de ensino Luciane Nigro, a fim de nos mostrar a importante relação entre o professor e si mesmo. O futuro educador é resultado de toda simbiose de sua formação, a contar de seus primeiros passos.


DIMYTHRYUS
ITAQUAQUECETUBA
2008
 
 
Coisas do tempo

Com o tempo, não vamos ficando sozinho apenas pelos que se foram! Vamos ficando sozinhos uns dos outros.

Mário Quintana

AGRADECIMENTOS


À egregora dos Poetas Maiores,
À minha futura e já amada filha,
À idealista deste projeto, minha querida professora Luciane Nigro Charlariello, A meus colegas do Curso de Licenciatura em Letras, da Faculdade UNIESP - SP e em especial:
Às Minhas estimadas amigas Beth, Suzana, Vera e meu não menos estimado amigo Sargento Fernandes.

 

Eu tenho um ermo enorme dentro do olho. Por motivo do ermo não fui um menino peralta.
Agora tenho saudade do que não fui. Acho que o que faço agora é o que não pude fazer na infância.
Manoel de Barros
 

 
Eu recusei-me a compor em História, uma vez mais. De ser completo. Completo, Esta bonita palavra de criança, ou de velho sábio: ó o mesmo. Eu não serei completo.
Eu gostaria, uma vez mais, compreender e fazer compreender. Compreender, coligir, retomar, reconstituir, comprehendere. E este livro vai juntar-se a outros, os quais também não são completos. Mas todos, eu espero, propõem qualquer enigma à nossa necessidade de descobrir.

Lucien Febvre

Pág. 2 Pág. 3 Pág. 4
MINHAS PRIMEIRAS PALAVRAS A PRIMEIRA AULA UM POUCO MAIS DISTANTE DA INFÂNCIA
PREPARATIVOS PARA PRIMEIRA AULA A ESCOLA E EU CONCLUIDO O ENSINO MÉDIO
MINHA PRIMEIRA DESCOBERTA TRAÇOS DE AMOR PELA CARTILHA A FACULDADE
MARCAS DO ASFALTO REDAÇÃO DE FÉRIAS BIBLIOGRAFIA
NO DIA EM QUE O VELHO NICOLAU VIROU ABÓBORA GUERREANDO COM AS FORMIGAS