"FENIX"

Colectânea Literária

 

 

 

Ervin Figueiredo

 

 

PERFIL

Frase

Na realidade é a poesia que busca sentido nas palavras do poeta. Sem ele, a poesia seria morta e sem sentido.

Apresentação

Quem é Ervin Rijo de Figueiredo ? Nascido na baixada  fluminense, em Nova Iguaçú/ RJ, em 5 de dezembro de 1957, por lá cresceu até 1970. Foi para São José dos Campos/ SP e lá se formou homem. Casou por duas vezes. Na primeira ficou viúvo e se divorciou na segunda. Como pessoa ? Trabalha na aérea de Logística, adora desafios.

Bastante crítico naquilo que faço, busco a perfeição. Preciso melhorar a cada dia, como pessoa, como homem, pai e amigo. Gosto de ler, gosto de trocar ideias, gosto de me informar sempre. Acho que mesmo a idade seguindo adiante, não sinto saudades de tempos idos. Vivo meu hoje, com lembranças mas sem saudosismo. Minha história eu mesmo escrevo com a minha letra. O que contarem a mais do que isso, é invenção, inverdades e lenda. Sou pouco. Mas sou o pouco que basta a muitos e que consegue preencher os espaços que ficaram em branco. Creio em Deus, uma força superior a qual me juntarei no seu devido tempo. Um pouco de tudo, talvez quase nada você diria. Mas, só para você. Pra mim o suficiente.Me orgulho de conseguir fazer coisas que as pessoas em geral não fazem. Determinação é meu lema.

Ervin Figueiredo

ÍNDICE

(clique em "Pág.x")

 

Pág. 2 Pág. 3 Pág. 4 Pág. 5
A CHUVA ALMA ERRANTE COMO A CHUVA DESPEDIDA
À DERIVA ALMA SANGRADA CORAÇÃO MACHUCADO E Aí ?
A DOR DO AMOR BAILARINA DE CORAÇÃO BLINDADO E AMANHÃ...
A MINHA PRIMAVERA BARCO À DERIVA DE TODA FORMA TE AMAREI ESPERANDO NA JANELA
ALMA DA POESIA CAMINHANTE DEIXANDO VOCÊ ESSA TAL VIDA HUMANA

Pág. 6 Pág. 7 Pág. 8 Pág. 9
ETERNO APAIXONADO MATEI MEU POEMA MINHA NAMORADA NÃO FALE DE SAUDADES
FALTA TE DIZER MEU CORAÇÃO MONÓLOGO DA DOR N A V E G A N D O
FIEL DA BALANÇA MEUS DEVANEIOS MORRE UM CORAÇÃO N Ó S
LEMBRANÇAS DE TI MINHA CAMINHADA MULHER NÓS DOIS
MANIA DE VOCÊ MINHA DOR NÃO DÁ MAIS NUMA MANHÃ DE OUTONO

Pág. 10 Pág. 11
O PALHAÇO CHORA POESIA CHATA
O PARAÍSO AO CONTRÁRIO POETA CALADO
O POETA PORTUGAL AQUI NO BRASIL
O POETA É O ARTISTA RETRATO FIEL
PERDÃO SAUDADES SUAS