FÉNIX

 

LOGOS Nº 13

MARÇO 2015

 

 

 
 

Tania Diniz

 

CONSTELAÇÕES
Tania Diniz


Noite –
a curvatura do dorso
o singelo pescoço...
na placidez, o boi rumina rubis
e baba, leitosos, quartzos róseos,
onde cintila aldebarã.
De manhã _
presepeiro, pesado, ás vezes ligeiro,
boi de canga, boi de farra,
bumbo- meu- boi.
E touro bravo, de sangrenta arena,
me volto manso,
sem qualquer pena.
No laço fácil do teu abraço,
vaca leiteira, lambe-lambê-las,
rumino estrelas .

Tania Diniz
Belo Horizonte-MG- Brasil
www.mulheresemergentes.com

 

 
 

Tanussi Cardoso

 

DAS POSSIBILIDADES
Tanussi Cardoso


Não lamentes o que és
ou o tempo que poderia ter sido.
O passado não existe
e o que és é futuro.

O amor é sempre a falta de.
O intervalo entre.
A ausência de.
A hora do que seria.
Nunca a completude,
mas o verbo do que poderia.
O amor é sempre
a impossibilidade do possível.

Não chores nem lamentes.
Tua cidade te espera.
Tua cadela te late.
Teu silêncio é tua música.
Tua cama é tua calma.

Pacifica teu coração
que, apesar de tudo,
bate.

O amor pode não ser,
mas a vida é sempre
a possibilidade do impossível.

Tanussi Cardoso
Rio de Janeiro, Brasil
http://tanussicardosopoetaetc.blogspot.pt/

 

 
 

Teodora Ursino

 

PRIMAVERA NO CORAÇÃO
Teodora Ursino

 
No jardim da primavera
foi colhida a mais bela rosa...
É a flor que enfeita o coração dos amigos.
Viver é viver o prazer
de estar em sua companhia.
Suas palavras vão além
das explicações, narrações, falações.
Suas palavras são aquele leve sereno
da poesia amiga,
são palavras que saltam da alma,
lindos sorrisos todo santo dia.
Sua simplicidade conquista e cativa a gente.
Sua alegria se transforma na alegria dos amigos.
Agradeço a Deus, Leonor,
no fundo do meu coração,
por sua amizade, nossa amizade.
Agradeço todos os dias de minha vida,
você mora no jardim do meu coração.
Para sempre, suas crônicas me fazem
viajar para o Paraíso, muito obrigada!

Teodora Ursino – Deficiente visual
Ceilândia – DF - Brasil

 

 
 

Teresa Costa

 

DISTANCIA!
Teresa Costa


Há um espaço vazio
entre nós dois,
na distancia de um olhar…
um céu nos separa
e depois…
o tempo…que corre e não para
e deixa em branco
os tempos do verbo amar…

há entre nós uma eternidade
que vai da ponta dos meus dedos
ao toque no teu rosto
abrindo um sorriso nos teus lábios
ao encontro da felicidade…

há um tempo entre nós
que silencia a nossa vontade…
mas nem a noite nem o dia
nem a vida em correria
leva de nós esta saudade…

Teresa Costa
Aveiro - Portugal

 

 
 

Teresinka Pereira, IWA

 

DIA INTERNACIONAL DA MULHER
8 de março, 2015
Teresinka Pereira, IWA


Mulher, Colega,
atreva a gritar com minha voz
que as torturas islâmicas
em meninas rebeldes ou submissas
têm que acabar!!! Protesto por
seu sofrimento e por sua obediência
às leis de seu país,
de sua religião, de sua comunidade,
e de sua família!
Ouço ao seu silêncio com horror,
mas se você grita,
eu amplificarei seu grito
para que o mundo possa ouvi-lo.
Algum dia seremos livres.
Mas até então...
não perdoe aos homens
em nome de Allah!

Teresinka Pereira -
Brasil
em Ohio - USA
Presidente do IWA

 

 

 

Livro de Visitas