FÉNIX

 

LOGOS Nº 13

MARÇO 2015

 

 

 
 

Antônio Carlos Santini

 

PELAS COSTAS...
Antônio Carlos Santini


Quisera crer assim como um nenê
Ao colo de sua mãe abandonado:
Sem nada a perguntar, nenhum por quê,
Pois nada inquieta a quem se sente amado.

Aquele que, sem ver, ainda crê,
É com certeza um bem-aventurado!
Quando Deus faz negaças com você,
Mesmo assim fica sempre do seu lado.

E vamos nós a procurar por onde
Encontrar o Divino que se esconde
Da nossa humanidade sem respostas...

Até que, um dia, o nosso tempo finda:
Se a mesma sede prevalece, ainda,
Deus chega e nos abraça pelas costas...

Antônio Carlos Santini
Mendes - RJ - Brasil

 

 
 

Antonio de Araújo Silva

 

MULHER ÀS VEZES...
Antonio de Araújo Silva


Toda mulher além de sua beleza.
E alma bela, sempre traz nela.
Um valor agregado provocador.

Às vezes o olhar.
Às vezes a boca.
Às vezes o cabelo.
Às vezes o cheiro.
Às vezes o sabor.
Às vezes o fervor.
Que do seu corpo exala.
Às vezes a fala.
Às vezes o caminhar.
Às vezes o simples fato de ser ou está.
Mais o mais perverso para os pobres homens,
É quando vem tudo agregado no mesmo ser.
Isso nos torna reféns do eterno desejo insano.
De ter, possuir e poder agregar a tudo isso o seu próprio ser.

Antonio de Araújo Silva
São Bernardo do Campo - Brasil

 

 
 

António Zumaia

 

OBRIGADO MEU DEUS
António Zumaia


Muito obrigado senhor e meu Deus,
por mais este dia que começou;
Por esta alegria nos olhos seus
e por este sol, que para mim brilhou.

Obrigado meu Deus pelos caminhos,
se abrem de amor e luz... em nossa vida;
No caminhar não estamos sozinhos,
porque mão na mão, ela é a querida.

Obrigado meu Deus pela alegria;
Ter a dita de viver e cantar.
Ter o seu doce olhar por mais um dia
e seus doces lábios, poder beijar.

Obrigado meu Deus pelo amor,
que pelo mundo vieste pregar.
Pois essa mulher, que é a minha flor;
Me ensinou... para viver tem de se amar.

Obrigado meu Deus, eu sou feliz;
Tudo me dás e eu o compreendo.
A Tua Divina Graça me diz:
Que é merecido o que estou vivendo.

António Zumaia
Portugal/Sumaré - Brasil

 

 
 

Ariovaldo Cavarzan

 

MARCAS
Ariovaldo Cavarzan


Ficarão vestígios de saudades,
esculpidos em painéis de memória;
sinais deixados em caminhos andados,
a sós, ou em vislumbres de afagos.

Restarão acalentos de abraços,
sonhados em suspiros de paixão;
resquícios de aconchegos guardados,
em escrínios de coração.

Sobejas marcas de brisa soprada,
em enlevos arrebatados,
à espera dos ritos da vida,
ainda por vir.

Ariovaldo Cavarzan
Campinas - SP - Brasil

 
 

 

 

Livro de Visitas