FÉNIX

 

 

LOGOS Nº 21

JULHO - 2016

 

 

 

Gabriele Loureiro Bruschi

 

 

EU NÃO SABIA.
Gabriele Loureiro Bruschi 


Eu não sabia
que o mundo maltrata
tanto o nosso psicológico.
Que escolhas fazer
para não nos machucar?
Como saber?
Como agir?
Uma certeza, com o tempo, tudo passará.

Gabriele Loureiro Bruschi
Porto Alegre - RS - Brasil

 
 

 

Gilberto Lima Siacsa

 

 

LICENCIADOS
Gilberto Lima Siacsa 


Licenciados,
Calados no silêncio das noites,
No bramir das ondas do mar,
No sotar de vento do norte,
Chegaram e partiram
Licenciados!
Abafados,
Mal recebidos,
Desconsiderados,
Maltratados,
Licenciados emudecidos,
De regresso á partida,
Para terra de ninguém,
Voando os céus de nuvens brancas,
Evocando a paz do céu de esperança
Dos licenciados omitidos
Abra a porta ó céu para nela entrar os licenciados silenciados…
De esquina a esquina,
Com brio no corpo e solução nenhuma,
Licenciado silenciado!
Sacode o capote, pega na caneta,
Escreve alguma coisa,
Alguma coisa que lhe venha na alma! Grita!
Que a solução venha
Não chores,
Venha a luz nesta madrugada quente da terra
A terra, minha terra
Que te viu nascer Licenciado esquecido!

Gilberto Lima Siacsa
Cidade da Praia - Cabo Verde


Poeta e Escritor, Cônsul Internacional do Movimento União Cultural

 
 

 

Gilberto Nogueira de Oliveira

 

 

PALAVRAS SOLTAS DE AUTO AJUDA
Gilberto Nogueira de Oliveira 


Era um dia como outro qualquer
Não chovia nem fazia sol
Apenas algumas nuvens
Vacilavam sem fazer sombras.

Um homem de personalidade indecifrável
Encontrou com sua mulher de aparência indefinível
E foram a um lugar ignorado
Por eles e por todos,
Habitado por pessoas inconclusivas
Que odiavam seres coerentes
E momentos concretos.

Ficou contrariado e comprou
Numa biblioteca virtual
Um livro de auto ajuda.
Logo desprezou o livro
Achando-o incorpóreo
Incomum e inusitado.

Passou na porta da igreja
Quis entrar, mas sua mulher
Achava que o introito
Era totalmente incongruente.

Ele, um inconfidente
Concordou com sua mulher.
Também achava o introito
Incoerente e inexplicável
Porque era uma incógnita
Com resquício de imparcialidade
De um templo intransponível
Que fazia de seus fieis
Ferrenhos incrédulos.

Tomou sua mulher pela mão
E a conduziu de volta
Para o lugar ignorado
Do qual nunca deveria
Ter saído ou estado.

E cheio de raiva e indignação
Jurou para si mesmo
Nunca mais visitar lugares
Que nunca havia estado.

Gilberto Nogueira de Oliveira
Nazaré - Bahia - Brasil

 
 

 

Gilberto Peter Caramão

 

 

EMOÇÃO NAS ASAS DO AMOR
Gilberto Peter Caramão 


Eu tive um sonho tão real
Que tu estavas aqui comigo...
Uma coisa tenho certeza,
Pra ti serei sempre abrigo.

No meu sonho aparecias como és, linda,
Formosa, bela, botão em flor...

As aquarelas que me pintavam
Me levavam nas asas do amor.

No meu sonho, a saudade fora embora,
Até parecia não queria mais voltar.
Mas a sina gaudéria que me acompanha,
Fez ela logo, logo, voltar.

Briguei com ela, escorracei a infeliz,
A quero longe do meu coração.

Acordei do sonho e me dei por conta:
Sonho e saudade fazem parte
De quem é todo emoção.

Gilberto Peter Caramão
São Sepé - Brasil

 
 

 

Graça Carpes

 

 

DITONGANDO A MÃE
Graça Carpes 

(com carinho às mamães por trazerem em si o novo

Mãe é quase cãibra
diz o ditongo

(uma contração a
cãibra)

Mãe porém
põe muito mamão no
leite

(uma distração da Mãe
freqüente)

cãibra é muscular e
Mãe
também
é coisa do coração
uma ciência esse
ditongo
Mãe
decrescente quando com ela
me zango
Mãããããe
infinito quando lhe preciso
MÃE

PESSOAS QUE OLHAM PARA OS CÉUS
Graça Carpes 


as pessoas que olham para os céus
acredito
sustentam melhor seus pés sobre a
terra pois que
alongam o espaço entre
alma e
corpo feito bambus que aos ventos
dançam
sem jamais
quebrantar

 

Graça Carpes
Armação de Búzios - RJ - Brasil
http://pulsarpoeticogcarpes.blogspot.com.br


Graça Carpes - Poeta, Atriz, Clown, Blogueira e Produtora Cultural.
Escreve contos, poesias, histórias infantis, roteiros e o que mais a palavra sugerir.
Aventura-se também na arte da Pintura, Escultura e no Audiovisual, pois acredita na poesia em todas as formas de expressão.
Premiada no FEMUP 2012 e FEMUP 2014
2016 - Editada na Revista Revestrés e na Fenix - Edição Especial "Mulheres pela Paz".
É Conselheira Internacional do Movimento União Cultural e colaboradora literária da Biblioteca Búzios

 

 

 

Livro de Visitas

 

 

Clique aqui para ver todos os detalhes e estatisticas do site