FÉNIX

 

LOGOS Nº 24

JANEIRO - 2017

 

 

 

Adolino Silveira Junior

 
 

AME OU DEIXE
Adolino Silveira Junior


Se for para me amar
Que seja por inteiro
Não quero meias palavras
E sim amor verdadeiro

Você tem a vaga ilusão
De que para sempre te esperarei
Mas não fique certo disso
Pois um dia me cansarei

Por paixões antigas sofri
E muito me desesperei
Porem o tempo me fez forte
E por você não chorarei

Te aguardo de braços abertos
Para um amor de verdade
Mas não quero viver de aparências
Nem te ter por vaidade.

SENTIMENTOS POR MINUTO
Adolino Silveira Junior


Apaixonar-se é incrível
Amar é arte
Ilusão acontece
E sofrer faz parte

Chorar machuca
Tristeza dói
Ciúme mata
Amor constrói

Afago é bom
Um beijo aquece
Saudade fere
Distância entristece

Turbilhão de emoções
Mas eu não mudo
Te quero sempre
Você é tudo.

 
Adolino Silveira Junior
Cruzeiro do Sul - Acre

Adolino Silveira Junior, nascido em Joinville - SC, mas atualmente morando em Cruzeiro do Sul - Acre.
Graduando em Marketing e funcionário público federal, lotado na Caixa Econômica Federal de Cruzeiro do Sul - Acre.
Criador da Fan Page '' O POETA'' ( www.facebook.com.br/opoeta1 ), a qual já possui mais de 59 mil seguidores.
Participante das seguintes antologias :
Sarau Brasil 2016 ( Editora Vivara)
Concurso Nacional CNNP 2016 ( Editora Vivara)
Prêmio Poesia Livre 2016 (Editora Vivara)
Gritos Contidos 2016 (Coruja Escritora)
Concurso Literário Pague Menos 2016
Vice-campeão regional do Concurso de Talentos Fenae 2016 ( categoria poesia)
.

 

 

 

Adriana Quezado

 
 

NATAL
Adriana Quezado 


O que esta data representa para o povo em geral?
Trocas de presentes?
Mas o aniversariante é Jesus.
Ele não ganha nada?
Ele deseja pão aos famintos,
Agasalhos a quem tem frio.
Então somos todos Jesus,
enviados por Deus em forma de bebês, crianças, adultos, idosos...
Vamos brindar com alegria
esta paz e união.
Alegres a cantar
"noite feliz"
com o toque do
sino pequenino,
sino de Belém,
anunciando a chegada
de Deus Menino.
Feliz Nata!!!
Feliz Ano Novo!!!

Adriana Quezado
Fortaleza - Ceara - Brasil
http://www.recantodasletras.com.br/autores/adrianaquezado
http://www.recantodasletras.com.br/e-livros/5580800
http://adriqazulaygmail.blogspot.com.br
https://twitter.com/AdrianaQuezado
Facebook/adriana.quezado


O hábito e o prazer de ler fizeram-me sentir que precisava desabrochar algo que estava em mim. Descobri o início do talento e o esforço da dedicação. Assim, comecei a escrever. Redijo textos no site Recanto das Letras, e publiquei um livro de minha autoria e, outros em parceria com diversos escritores. Depois da escrita, surgiu o gosto por outras artes: designer, artesanato e fotografia, fazendo-me uma artista com vários talentos, mostrando que a literatura e a arte são o meu lugar.

 
 

 

Aécio Silva Júnior

 
 

 

 

VERSOS DE UM DROGADO OCULTO
Aécio Silva Júnior 

No jornal, o assunto são os drogados,
Ele então começa a falar
- sinceramente eu fico indignado,
Como pode um cara ser tão retardado
A ponto de se drogar.

Não é falta de recado
Trata-se apenas de pensar
Como pode um pobre coitado
De forma tão singular
De modo tão judiado
Sua vida acabar.

Será falta de juízo?
Ou falta do que será?

Eu odeio a maconha!
Eu odeio a cocaína!
Eu odeio o tabaco!
Eu odeio o álcool!
Eu odeio a heroína!
Eu odeio as drogas!
Eu repugno os drogados!

Agora, vou-me embora.
Estou com sede.
Onde está minha Coca-Cola?
Deixei-a perto das minhas cervejas,
Mas que droga!

Quer saber de uma?
Vou dormir.
Cadê meu remedinho?
Tenho que achá-lo,
Sem ele não fico tranquilo,
Sem ele não durmo mais.

Ficarei perdendo tempo assistindo TV.
Informando-me (entorpecendo) com as notícias globais.



MENINA SERGIPIANA
Aécio Silva Júnior

Calyne,
Menina sergipana,
Tão querida és tu
Que até falar de ti é difícil.
Definir-te então,
É quase impossível.

E é nesse poema,
Sem muita rima, sem muita perfeição
Que descrevo como é você
Seu lindo jeito de ser.

Tu que és bela menina
De tão resplandecente olhar
Tu que encantas quem a te se aproxima
Com seu jeito encantador.

Jeito de menina, moça, mulher,
O teu corpo exala felicidade.
Teu coração, puro amor e carinho
O arco-íris perto de tu é preto e branco.
Traz a graça natural do sergipano.

Se tu fostes um animal
Serias uma borboleta,
Levarias mais cor ao mundo
Preenchê-lo-ias com sua beleza,
Traria mais carinho e amor,
Para toda a natureza.

Se tu fostes um ser,
Destes sobrenaturais
Serias um anjo,
O que não é muito diferente da realidade.

Se tu fostes um objeto
Serias um livro,
Mas não qualquer livro,
Serias um livro de ensinamentos,
Onde cada dia de sua existência
Seria uma nova página a nos ensinar.

Tu não és uma dessas pessoas
Que a gente conhece num dia qualquer,
Sua presença é reconfortante
E emite segurança.

Falar com você, interagir com você,
Conhecer seu jeito de ser
É um verdadeiro aprendizado,
Sua amizade, sua atenção para com outro.

És um belo exemplo de sergipana,
Daquelas que deseja ser feliz,
Nem precisa!
Pois é certeza que serás feliz.
Se não agora, depois.

És do tipo de sergipana a qual não se deseja paz,
Afinal, a paz já está dentro de você,
Lá na sua essência.

És do tipo de sergipana a qual
Nem é preciso desejar muito amor e carinho?
Você já sabe o que é isso!
Sabe tanto que ensina aos outros,
Mesmo sem perceber,
Transmitindo involuntariamente.

Calyne,
Menina sergipana,
Dizem que o poema
É a forma mais pura e singela
De se falar de algo especial.

Ele é o modo de se chegar mais perto,
De definir algo
Que de tão maravilhoso
Não tem definição.

Falar de você,
Menina sergipana,
Não é dizer qualquer coisa,
Falar de você, não cabe ou se resume num poema,
Pois você é assim,
Bem mais que um poema...

Espero que você,
Representando a figura feminina sergipana,
Através desta singela homenagem,
Deste simples poeta
Se mostre o espelho de outras meninas,
Meninas sergipanas.

Um poema para Calyne,
Uma menina sergipana,
Mais uma flor que dá vida e cor
Ao sertão que a gente ama.

Aécio Silva Júnior
Itabaiana-SE- Brasil


Aécio Silva Júnior tem 17 anos, natural de Itabaiana-SE. Já publicou crônicas e poemas em diversas antologias e foi finalista em todas as edições do Concurso Literário da Loja Maçônica Cotinguiba (2014 e 2016). Participou dos projetos "A Poesia indo à Escola", "Jovens Cronistas do Sertão" e "Olha a Poesia na Escola". Cronista, poeta e pecuarista, atualmente, concluiu o Ensino Médio e busca ingressar na faculdade. Ama ler, escrever, viajar, falar sobre cabras e trocar experiência formando novas amizades.

 
 

 

Aida Viegas

 
 

ESCUTA
Aida Viegas 


Solta a tua voz, não tenhas medo
Não cultives a flor da solidão.
Tens vontade tão firme, qual rochedo
Na chama que te aquece o coração.

Tens em ti força p’ra mover montanhas
Grita aos quatro ventos, a poesia.
Em tua alma, as belezas são tamanhas
Como o sol que renasce dia a dia.

S‹o de vidro as paredes da cadeia,
Correntes que te prendem, mera teia
Onde algemas ideias, com receio
Da incompreensão que encontras de permeio

Olha, que não há eco sem barreiras.
Audácia te projecta além fronteiras.
É hora de quebrares esse mutismo.
Só em ti, no medo, está o abismo.

É mero sulco, o fosso que te isola
O herói, não se rende, nem se imola.
Faz de espelho, reflecte como a lua
A esperança que te é peculiar

E a luz que tens no peito e não é tua
Que outro espelho, essa luz vai encontrar
E outro, e outro, sempre, sem parar
E o mundo inteiro hás-de iluminar.

Aida Viegas
Aveiro - Portugal

 
 

 

Alaíde Souza Costa

 
 

ALMA GÊMEA
Alaíde Souza Costa 


Eu sinto a falta de alguém, que seja igual a mim.
Que goste de passear na beira do mar,
sentindo o grande prazer de ter,
os pés molhados e livres de sapatos...
Alguém que sinta-se muito bem, ao deitar-se na areia,
sentindo as ondas molharem, todo o seu corpo...
Alguém que sinta a sensação gostosa,
de dar um mergulho no mar, nu e livre como um peixe...
Alguém que goste de passear nos campos,
admirando a natureza, em sua beleza e sabedoria...
Alguém que sinta-se feliz por estar perto,
do puro, do simples, do natural...
Alguém que inveje os animais, tão livres, espertos e felizes...
Alguém bastante sensível, carinhoso e romântico,
que acredite muito no amor,
como o sentimento mais importante da vida...
Alguém que ame como eu amo,
sendo capaz de entregar-se por inteiro,
sem ciúmes, desconfianças e preconceitos...

Alaíde Souza Costa
Aracaju – Sergipe – Brasil
http://www.alaidescosta.recantodasletras.com.br

 
 

 

 

Livro de Visitas

 

 

Clique aqui para ver todos os detalhes e estatisticas do site