FÉNIX

 

LOGOS Nº 24

JANEIRO - 2017

 

 

 

Valdir Cremasco

 

 

 

NOSSO NINHO
Por Valdir Cremasco 


Ontem à tardinha eu passei pelo nosso cantinho... Nosso ninho.
Parei por instantes e olhei com olhar de saudade...
Adentrei, em pensamento, em cada aposento e vivi novamente aqueles nossos momentos mágicos.
Meu caminho segui a passos lentos, de quando em quando parava e olhava para traz e em pé na porta, sua imagem de mulher, menina, faceira de beicinho dengoso me acenava para voltar.

Meu caminho devo continuar, no mesmo caminho a caminhar, de modo diferente para ninguém notar, meu olhar, que a teimar, repete e repete sem parar, o desejo de sempre lhe amar. ... O caminho é o mesmo, mas, tenho no meu andar um novo jeito de caminhar... Antes os passos eram decididos, com tempo e noção de direção... Hoje meus passos são indecisos, sem noção do tempo e a direção perdeu-se como o brilho do olhar.
Ontem à tardinha ao passar pelo nosso cantinho... Nosso ninho, pensei: Se amar é pecado quero novamente com você pecar.
Mas o poeta disse que nem o pendulo se repete..., assim, um novo amor irei buscar para dar a meus passos, novamente, noção de tempo e direção e, decidido a felicidade encontrar.
Mas ontem à tardinha ao passar pelo nosso cantinho... Nosso ninho..., meu coração pediu para voltar...




FAZ TEMPO QUE NÃO TE FAÇO
Valdir Cremasco

Faz tempo que não te faço
uma poesia, um verso que fale
do amor, do carinho, da ternura
que brota do meu peito
quando com os meus braços a enlaço,
e, meus lábios, atraídos pelos teus lábios,
beijam-te com emoção, com paixão.

Faz tempo que não te olho
com olhar apaixonado,
perdido no teu olhar brilhante
que me faz perder por instantes
a noção do tempo... do espaço

Faz tempo que nada faço,
a não ser percorrer teu corpo
sentindo teus sentimentos,
deixando-te penetrar em meu ser,
caminhando dentro de mim,
como sendo o meu próprio sangue, minha vida.

Faz tempo que nada faço,
além de confundir-se contigo,
olhar-me no espelho e ver a ti,
e não a mim.

Faz tempo que tudo que faço
é, simplesmente, perder-me em ti.

Valdir Cremasco
Campinas - SP - Brasil
www.valdircremasco.blogsport.com


Eu: Antonio Valdir Cremasco (Valdir Cremasco), tenho 65 anos, estou Viúvo, resido em Campinas, SP. Tenho três livros editados de forma independente, Intimidades, Orações e Desabafos e Coisas do Coração, e, estou preparando para este ano o lançamento de Tributo ao amor. Aposentado, trabalho hoje na Rádio Brasil Campinas, Rádio da Arquidiocese de Campinas, onde apresento o programa Povo de de Deus de segunda a sexta feira das 16 às 17:15 e rezo o Santo Terço com os ouvintes das 17:30 às 17:55.

 
 

 

Valentina Kroeff Sperb

 
 

CANTO DO INVERNO
Valentina Kroeff Sperb 


Ao som das folhas balançando
com o vento gelado,
levanto.
Ao som d’água da chuva,
deito-me.
Com o canto do inverno,
vivo!

HAVIA UMA PEDRA NO MEU CAMINHO
Valentina Kroeff Sperb 


Frente a um obstáculo grande
e sentimental,
precisei vencer o medo
e meus sentimentos;
precisei jogar com a minha vontade
e com o meu desejo.

 
Valentina Kroeff Sperb
Porto Alegre - RS - Brasil

 

 

 

Valeria Gurgel

 
 

ASSIM AMAM OS POETAS
Valeria Gurgel 


Como loucos, amam os poetas
e ensinam o amor em forma de poesia
para os que sofrem de um vazio em demasia
de meras palavras escritas ao vento
pela pureza de seus sentimentos.

Morrendo assim a cada dia
renascem das cinzas das inspirações
não tão fugaz como a ave Fênix
mas com asas da paixão e da fantasia.

Cicatrizes desenham nos pensamentos
como letras em folhas amarelecidas
marcam secretas histórias sentidas...

Os corações amam os poetas,
como o céu ama as estrelas
ainda que em noites escuras e frias.

ÂNSIA DE AMAR-TE
Valeria Gurgel 


Fala-me de amor!
E que sua voz seja o eco do meu tempo
como a citara tocada pelos deuses
e desperte a ternura que encanta o vento.

Beija-me com ardor!
Porque seus lábios adoçam os meus
e esse gosto que só o seu beijo de mel
beija a minha paz e ela transcende.

Ama-me! Com a ânsia da inquietude
do carinho afetuoso da linda juventude.
Porque a vida é breve
e o coração deseja o fogo
que como chama a paixão ascende.

 

 

 
Valeria Cristina Gurgel, (Valeria Gurgel)
Itabirito - MG - Brasil
www.valleriagurgel.com


V
aleria Cristina Gurgel, (Valeria Gurgel) poeta, escritora e compositora brasileira, nascida na cidade de Nova Lima. Passou sua infância em Raposos e já há vários anos reside em Itabirito, na conhecida “Cidade Encanto” em Minas Gerais – Brasil. Possui três livros publicados e se destaca em antologias e conferências no Brasil, México, Colômbia, Peru, Argentina e Chile. É doutora em Literatura e Artes Honores Causas, pelo Ateneu Cientifico São Lucas O medico da Região do Espírito Santo de seu pais.Vem se destacando no campo literário e no ensino primário e secundário como arte educadora e como compositora e interprete musical em trabalhos humanitários com crianças,crianças portadoras de necessidades especiais, jovens e adultos maiores.Também esta ligada ao jornalismo como comunicadora social.
 

 

 
 

Valeria Pisauro

 

 

 

VIAGEM SEM VOLTA
Valeria Pisauro 


Em linhas negras, Caronte navega,
Entre caminhos tortos de outro porto,
Zomba do etéreo, tinge o rio,
Vermelho sangue da morte.

Forma rara que a perda está sujeita,
Que o barqueiro inquisidor escolta,
Parasitas almas condenadas,
Na encantada viagem sem volta.

E o cadeado cego de teu portal
Capricho de navalha profana,
Sem pena, acende fogueiras,
Simulacro imortal de chamas.

A barca embebecida vaga,
Transita solitária sombria,
Estopim de interminável meada,
Infinda que não importa o fim.

Valeria Pisauro
Campinas - SP - Brasil


Valeria Pisauro nasceu em Campinas, SP. Exerce intensa atividade cultural na literatura e na música, como poetisa, contista e letrista musical. Possui vários trabalhos literários editados e poemas musicados, tendo a felicidade de compor e gravar com parceiros brilhantes, inspirados e renomados compositores de todo o país.
O requinte de suas letras bem elaboradas são fruto de pesquisas, onde a variação de estilos traduz a força e a leveza de um trabalho sofisticamente inovador.
Membro efetivo da ACADEMIA NACIONAL DE LETRAS DO PORTAL DO POETA BRASILEIRO, Cadeira nº 62; Membro Nacional Vitalício da ACADEMIA DE LETRAS DO BRASIL/ALB/PIRACICABA-SP, Cadeira nº 31; do PORTAL DO POETA BRASILEIRO; do CLUBE CAIUBI DE COMPOSITORES e de grupos de estudos sobre a cultura nacional.
Participa de certames culturais, de idôneas antologias poéticas e de reconhecidos festivais de música.

 
 

 

Valquiria Imperiano

 

 

 

CENSURAS DA REALIDADE
Valquiria Imperiano 

Quando te toco, te apalpo, te lambo,
te amasso, te chupo, te mordo, te ouço,
te falo, te sopro no ouvido
o sopro quente da minha boca sedenta.
Te como, te bebo o mel do teu favo de rainha abelha.
Te cheiro a boca que exala o odor dos animais no cio.
Eu cadela ciosa, faminta, sedenta,
atiçada pelos odores afrodisíacos exalados das tuas glândulas excitadas,
gozo,
me excito,
me não sacio
o insaciável desejo de te ter eternamente.
Secretamente
saboreio o prazer de te ter,
tendo apenas nossas células como testemunhas dos delitos de amor condenado.
Medo de dizer o que o coração abafado dentro do peito, grita;
medo de assumir os atos do pecado.
Sinto que o grão do amor germina.
Rego-o silenciosamente.
Observo crescer as censuras da
realidade que podam minha coragem,
Censuramos nossa sofreguidão.
Procuramos amar o nosso outro sem corrermos o risco de destruir nossa realidade,
ou de magoar os inocentes.
Roubamo-nos beijos ardentes nas despedidas,
e abraçamo-nos
como se fosse o abraço derradeiro.
Bebemos o mesmo vinho
como se bebêssemos a nos mesmos;
nossos toques falam tudo o que a boca não ousa dizer por covardia,
e
por medo que o tempo registre e
espalhe na terra,
através dos gritos do vento,
nossas declarações não ditas.
Silêncio!
A magia do amor nos cala,
acovardo –me,
mas te sinto prazerosamente.
Meu olhar procura o teu,
sinto tua aceitação.
E me policio os desejos desenfreados.
Preciso controlar meus ímpetos
E contentar-me com o possível
E esperar.
Esperar que o amanhã seja logo.
Deito, então, no travesseiro
procurando ouvir a voz da memória a soprar no meu ouvido
o som do teu canto que me encanta.
Tua voz me prometendo amanhãs que podem demorar dias
e eu prefiro acreditar.
E esperando,
esperando
todo dia um recomeço.
E eu recomeço te esperando.



CONSELHO DE AMIGA
Valquiria Imperiano

Viva o segundo como se fora a eternidade
Abuse do seu amor!
Sem vergonhada
Toque sua pele
Dê mordidas leves para eriçar os pelos...
Abra-te na noite como a dama da madrugada!
A flor
Aproveite para te afogares no membro duro de textura macia
de gosto doce e ácido de cereja madura
Deixe seus dedos abrirem tua ostra salgada e
faça-o beber o suco da fruta do pecado
Jogue o jogo do amor
Realize teus e seus desejos
És dona do corpo por inteiro
Meu ventre come-se de fome
Dou asas a imaginação...
E vos desejo uma noite nas estrelas!

Valquiria Imperiano - Brasil
em Genebra - Suiça

 

Valquiria Imperiano - Brasil
em Genebra - Suiça
www.arts-imperiano.com


V
alquiria Imperiano, nasceu em João Pessoa - Brasil. Diplomada em Letras. Professora de língua portuguesa em escolas públicas e privadas no Brasil; foi secretária e orientadora educacional na Escola Municipal Dra. Renata em Mandaguari; lecionou português para estrangeiro em Genebra. É artista plástica e escritora. Publicações solo : Souhtend-on-sea Exhibition, Cofre Aberto, Espelho meu Espelho e A vingança dos Deuses, Navegando em Ondas Altas, (no prelo O livro da Saudade e A costureira que Remendava Lembranças). Co-autora em 30 Antologias. Textos laureados : na Noruega “Ser Brasileiro” e no Brasil “A Princesa Imperial”. Prêmios: “Excelência Literária da Rebra”, “Corujão das Letras 2015”, “Artífices da Poesia”e Menção honrosa. Membro efetivo e secretaria da Académie de Lettres et Arts Luso-Suisse, ocupando a cadeira de número 18, tendo como patrono Jorge Amado. Mentora e Presidente da Associação CULTIVE – Art Littérature e Solidarité (Associação et difusora Cultural) Diretora e fundadora do Jornal CULTIVE, mentora de “Um dia de felicidade” (campanha em prol de crianças carentes).

 

 

 

 

Livro de Visitas

 

 

Clique aqui para ver todos os detalhes e estatisticas do site