FÉNIX

 

 

Rosimeire Leal da Motta Piredda

 
 

INTÉRPRETE DO CORAÇÃO
Rosimeire Leal da Motta Piredda

Combinação harmoniosa e expressiva de sons.
Melodia agradável aos ouvidos.
A platéia acompanha hipnotizada,
a fragrância da música que lhe desperta os sentidos.
Espalham-se na atmosfera acordes suaves e envolventes!
Emanação aromática que faz bailar em pensamentos.
Dominação perfeita das notas musicais!
O vento desarrolhou o frasco do salão.
O perfume instrumental atravessou fronteiras.
Aplausos soaram no palco fortemente,
quando o violino chorou emocionado
ao revelar os sentimentos daquele que o tocava.

Rosimeire Leal da Motta Piredda
Vila Velha – Espirito Santo – Brasil
http://www.rosimeiremotta.com.br/
https://www.facebook.com/profile.php?id=100011114436011

 
 
 
 

Rosinha Bonette

 
 

TEMPESTADES DA VIDA
Rosinha Bonette

Quando as tempestades da vida
Surgem escuras à minha frente,
Me recordo de maravilhosas palavras
Que uma vez eu li.
E digo a mim mesma:
Quando pairarem nuvens ameaçadoras,
Não dobre suas asas
E não fuja para o abrigo.
Mas, faça como a águia,
Abra largamente as suas asas
E decole para bem alto,
Acima dos problemas que a vida traz.
Pois a águia sabe
Que quanto mais alto voar,
Mais tranqüilos e mais brilhantes
Tornam-se os céus.
E não há nada na vida
Que Deus nos peça para carregar
Que nós não possamos levar planando
Com as asas da oração.
E ao olhar para trás
Verá que a tempestade passou,
Você encontrará novas forças
E ganhará coragem também.

Rosinha Bonette
Itatiba - SP - Brasil


Rosa Bonette, conhecida como Rosinha Bonette.Funcionária Pública Municipal. Graduada em Pedagogia, Pós-graduada em Psicopedagogia e Educação Especial, atuando na area da Educação com Atendimento Educacional Especializado com alunos da Rede Municipal. Escrever é minha paixão.

 
 
 
 

Rozelia Scheifler Rasia

 
 

TODO DIA É SANTO
Rozelia Scheifler Rasia

Todo dia é santo
Anjo da guarda
Anjo do incenso
Anjo do mal

Todo dia é santo
Pela lança do sol
Pelo escudo da lua
Pelo ímpeto do amor.

Todo dia é santo
Pelo fogo
Pelo sal
Pela água

Todo dia é santo
Bem-me-quer, flor-de-liz
Areia, deserto
Céu, infinito

Todo dia é santo
Verbo sacro, marca maldita
Êxodo, Apocalipse
Início-fim-reinício

Todo dia é santo
Por Alláh
Por Deus
Por Jeovah

(Poesia publicada na Coletânea Desafios, autor homenageado Nélson Fachinelli – ALPAS 21 - 2002)

Rozelia Scheifler Rasia
Cruz Alta – RS - Brasil


Rozelia Scheifler Rasia reside em Cruz Alta - RS. Presidente da Academia Internacional de Artes, Letras e Ciências “A Palavra do Século 21” – ALPAS 21. Prof. Mestre em Estudos Literários - Crítica Literária - UPF; Esp. em Fundamentos Teórico-metodológicos de Ensino - UFSM / UNICRUZ; Graduada em Ciências Econômicas e Sociais - UNICRUZ; Graduada em Filosofia Ciências e Letras - UNICRUZ; Pesquisadora de arqueologia das religiões; Embaixadora da Paz pela Salotto Culturale “Palazzo Recupero” - Martina Franco/Itália. Presidente da ALPAS 21 e Editora Gaya.

 
 
 
 

Ruben Rolando Lettieri

 
 

BUENOS AIRES CHETO
Ruben Rolando Lettieri

Buenos aires sos un circuito
De apurados transeúntes,
Que nadie lleva el apunte
Si es fulano y pirulito.
Que se acabaron los mitos
De malevos que en la esquina,
Iban a esperar a la mina
A la luz de un farolito.
Buenos aires quien diría
sos un mundo diferente.
Gente que corre a la gente
sin importar cortesía.
Ya no sos la alegría
de un piropo divertido,
y hasta tu fuelle querido
hoy rezonga en agonía.
Buenos Aires ya no eres la de antes,
hoy te han hecho un transplante
de un mundo anormal.
Buenos Aires donde está tu don porteño
donde han quedado los sueños
de mi querido arrabal.
Buenos Aires quien diría
si hoy estas en agonía
nadie te puede salvar.
Ya no sos aquel jilguero
que prenotaba en la boca,
ni la furia loca
de un candombe arrabalero.
Que gritaba yo primero
por las calles de San Telmo
ni los recuerdos enternos
de los bailes callejeros.
En tu alma inquieta
el fuelle ya no rezonga,
se a perdido la milonga,
se ha creado la gambeta.
La gente se ha vuelto cheta
y en el mundo de los piolas,
hemos cambiado la viola
por el rock y la trompeta.

Ruben Rolando Lettieri
Buenos Aires - Argentina


El escritor y poeta se llama Ruben Rolando Lettieri vive en chiilcoy pcia de buenos aires argentina tiene dos libros editados uno de poesías la mayoría letras de tango y otro de cuentos de su tierra natal que es Moquehua un pueblo de 2000 habitantes perteneciente a Chivilcoy, a participado en varios encuentro como la ciudad de la plata, Chilecito , los Toldos Pehuajo Carlos Casares Junin en Capuli Vallejo y su tierra en Peru y en Manta Ecuador tiene varios premios tanto en Poesías como en cuentos cortos.
dentro del arte es un fotógrafo profesional que ha participado en varios Fotoclub de argentina y ha sido reportero gráfico del un diario local y siguiendo con el arte haces artesanías como esculturas en madera , cerámica y jabón
muy atte lettieri

 
 
 
 
 

 Flag Counter

Clique aqui para ver todos os detalhes e estatisticas do site