FÉNIX

 

Edição Especial "Mulheres pela Paz"

 

Tere Tavares-Mulher olhando a Luz

 

 
 

Van Zimerman

 
P
        AMOR
      Z
Van Zimerman

Poesia que se aconchega
Nas nuvens brancas pinceladas no céu azul.
Paz, presença suave e intensa
Na mulher que tece em seu ventre à Vida,
Doce lembrança de quem ama e cuida.

Admiro o voo do pássaro
E pousa em minha mão,
Presente do destino,
Uma frágil pena branca,
Paz que viaja, em cada olhar
Nos campos, nas aldeias e nas cidades...

Paz que cansada da Guerra,
Refugia-se no sorriso da criança,
E, que ao amanhecer,
Ainda acredita e confia na Paz...
Paz menina, Paz mulher que ensina
Ao menino, a ser um homem de Paz.

Van Zimerman - Vanice Zimerman - Escritora e Artista Plástica
Curitiba - PR - Brasil
http://vaniceferreira.blogspot.com.br/
http://www.recantodasletras.com.br/autor.php?id=56890

Nasci em Curitiba, 9 de dezembro de 1962. Escritora, Artista Plástica e Fotógrafa. Em de 2010 concluí o Curso de Letras (FTC-EAD) da Faculdade Machado de Assis - FAMA, Curitiba-PR.
 
 

Vanda Lúcia da Costa Salles

 
CAMINHO DA PAZ
Vanda Lúcia da Costa Salles

Há um caminho escolhido
Percorrido,
Apesar das pedras...Sigamos! – diz a voz a me embelezar o canto
Enquanto o pranto afastamos da garganta
Um ósculo? Deixamos. Um pleito ao filho estendido
Na lama da enegrecida estrada
Com suas cercas de arames farpados,
Lascas
Placas
Assédios
Pilhagens da dignidade humana

Há um caminho estendido
Apesar das pedras, sigo...
Vislumbro o colorido de um rio a deslizar suas águas tranquilamente
Sua poesia sussurra-me o porquê:
do lagarto se esconder entre as pedras
das minas entre pedras escorrer suas doces águas em seu leito/abrigo
de ser alimento/seiva a todos e todas
e até
das inúmeras folhas outonais deslizarem bailarinas, aqui
enquanto borboletas sanhaços porco do mato e bem-te-vis
deslizam faróis

Vanda Lúcia da Costa Salles
Italva/RJ/Brasil

Vanda Lúcia da Costa Salles nasceu em Italva-RJ-Brasil, em 1956. Graduada em Letras/Literaturas em Língua Portuguesa, Especialista em Literatura Infantojuvenil , Especialista em Arteterapia na Saúde e na Educação. Participa de Academias Literárias Nacionais e Internacionais. Participa de renomadas Antologias. Tem publicado: No Tempo Distraído(2001), Núncia Poética (2010), Cantigas para a Mulher do Século XXI(2013) e, em lançamento, Se Eu Lhe Der o Sol Você Namoraria Comigo?(2015).
 
 

Vera Maria Cândido Sangiorgi

 
A HORA É AGORA
Vera Maria Cândido Sangiorgi

A hora é agora,
nunca fora do tempo,
antes, que mais adiante,
haja lamentos....

Mulheres vontade,
Da paz, fazem-se apropriadas,
há que , dito seja,
antes que o inverno se prolongue,
com elas no correto caminho.
Mulheres
Sem vocês,
tantos tropeços, mal dados aremessos,
não haveria suporte

Nada fácil,teria sido
transformar a todos,
no melhor que poderão ser.

Desconhecidas,
formam o enorme batalhão,
caminhando, sem mãos dadas
trazem no colo, a Paz!!

Vera Maria Cândido Sangiorgi
São Paulo - Brasil
 
 

 

Livro de Visitas