FÉNIX

 

Edição Especial "Mulheres pela Paz" -  2017

 

Nequitz Miguel - À espera

 
 
 

 Eliamar Cavallero

 
 

MULHER - FRAU - WOMAN
PAZ - FRIEDEN - PEACE

MULHER...
Eliamar Cavallero

O teu ventre gera a semente da PAZ,
Sem mácula, cor ou rancor,
Que é propagada entre povos e raças
Promovendo união, com muito amor.

És sensível e perspicaz, vês além da face, vês a alma.
Com diálogo, compreensão e tato, sempre estendes a mão.
Dócil és sendo forte, capaz de as dores do parto suportar.
E com olhar maternal enxergas com o coração.

A eterna musa, que de todas faz-se única.
Destemida, encaras com garras a sociedade.
Lutas sem guerrear e não usas autoritarismo para liderar.
Sabiamente promoves unidade na diversidade.

Labutas dentro, fora e além-mar,
Com esmero, profissionalismo e dedicação.
Enfrentas o cansaço, sem descanso.
E és perfeita na imperfeição.

Bendita és tu, MULHER!
Entre os homens, as nações e todos nós.
Que a tua luta pela PAZ não seja vã,
Pois sabes que este é o teu kairós.

Eliamar Cavallero
Uberlândia, Minas Gerais, Brasil


Poetisa. Poemas publicados nas Antologias: CNNP 2016 (Vivara Editora Nacional) e Poesias Encantadas X - Antologia Poética Definitiva, 2016 (Editora Becalete). Agente Literária e autora da Sinopse de Poemar, de Marco Pasquini (PoloBooks), 2015. Professora de Inglês (residente nos Estados Unidos de 1990 a 1997). Participante do Sarau Gotas Poéticas, em Uberlândia (MG).

 
 
 

 Eliane de Andrade Silveira

 
 

ANSEIOS
Eliane de Andrade Silveira

Ando por séculos sozinha
Um clamor ecoa dentro de mim
Um uivo sentido, um lamento
Uma incompreensão por fim

Minha voz aprisionada na garganta
Meus quereres esquecidos
Tentativa de acertos?
Os desejos adormecidos

Continuo insistindo
Minha voz quer ser ouvida
Peço tranquilidade
Para gerar outra vida

Resisto às minhas dores
À tristeza que em mim jaz
Abro as portas para a esperança
De um futuro cheio de paz

Eliane de Andrade Silveira
Pirapetinga - MG - Brasil


Eliane de Andrade Silveira é mãe de dois filhos e professora da rede pública de ensino. Vive em Pirapetinga, Minas Gerais, Brasil. Quando não está trabalhando é fácil encontrá-la lendo, pintando, ouvindo músicas ou sorrindo.

 
 
 

Eline Santos (Kojima Kyo)

 
 

MULHERES PELA PAZ
Eline Santos (
Kojima Kyo)

A beleza de ser
O poema mais bem escrito
Enquanto mulher.
Detém em teu corpo,
A mágica única de conceber.
Em teus seios,
Leite materno flui saciando assim,
A fome prematura de um ser.
Mulher, mulheres que são a força do querer.
Que vence procelas.
Incólume caminha em luta renhida,
Derrubando preconceitos,
Recriando conceitos,
Seguindo e abrindo caminhos
Para uma nova mulher encontrar.
Mulher, não importa a idade,
És a representação de um ser,
Que não teme represálias,
No campo se encontra pra luta travar,
Levanta todos os cânticos,
Todos os prazeres, todas as gentilezas...
Mulher, mulheres não padrão.
Levanta todas as dores,
Todos os sexos...
Mulher feliz, mulheres do amor
A beleza de ser, em todas as cores,
De tamanhos diversos,
Mulher, mulheres da paz
Que enfeita o mundo e que dele fará,
O melhor instante de todo lugar,
Mulher, Mulheres pela Paz.

Eline Pereira dos Santos
Salvador - BA - Brasil
http://www.recantodasletras.com.br/autor_textos.php?id=167589

Escritora, professora, natural de Ilhéus. Em sua trajetória artística, além de escrever poemas desde a adolescência, conhecida por muitos como, Kojima Kyo, tendo algumas de suas obras publicadas em jornais e revistas na cidade de Itabuna (SSA-BA), também fez canto Orfeônico (Cantores de Orfeu).

 
 

 

Livro de Visitas