FÉNIX

 

Edição Especial "Mulheres pela Paz" -  2017

 

Graça Campos -  Introspeção

 
 
 

Marcia Kanitz

 
 

DIVINA
Marcia Kanitz

Mulher!
És divina,
Es formosa,
No jardim
Dos sonhos,
És a flor esplendorosa
Mulher!
És ternura,
És candura.
És o som doce
E e suave que
Minha alma
Murmura.
MULHER!

Marcia Kanitz
Casimiro de Abreu - RJ - Brasil


Marcia Kanitz, Dra. H.C em Letras e Educação. Mestre em filosofia e Literária pela Emill Brunner University. Especialista em Planejamento, Gestão e Implementação da EAD/UFF 2012. Especialista em Coord. Super. E Orientação Escolar pela Univ. da Lapa – Paraná. Especialista em Gestão planejamento e Implementação da Educação a Distância pela Univ. Federal do RJ. Especialista em Deficiência Auditiva pela Univ. do Vale dos Sinos. Graduada em Letras Português e Espanhol pela Univ. do Tocantins – Graduada em Literatura pela Univ. Membro Correspondente Imortal da ALB/SEC Suiça. Salgado de Oliveira. Autora de cinco obras publicadas

 
 
 

Marcia Valéria

 
 

PASSO A PASSO
Marcia Valéria

O Passo passou apressado,
Tropeçou no tempo sem nenhum cuidado,
Caiu no meio da hora
Que passava lenta
Triste, estática

O passo do tempo parou
Porque as horas se arrastavam agonizando
Pelo amor perdido.

E eu, sem tempo,
passei pelas horas correndo.
Apressei meu passo
Pra buscar o momento
Que, em vão, tão sem alento, não ajudou.

Marcia Valéria
Aracaju - Sergipe - Brasil


Marcia Valéria Lira Santana, mulher, mãe e avó, Professora de Biologia, ex Secretária de Educação dos estados de Sergipe e Alagoas, Secretária Municipal de Educação de Aracaju, também se atreve a ser escritora, artesã e ceramista. Como boa fiandeira, trança seu tempo com o que lhe dá prazer e alegria.

 
 
 

Marcos Antônio Lima

 
 

NEGRA FLOR
Marcos Antônio Lima

Quem já não sentiu
A essência efêmera
Meiga, veemente e sutil
Da beldade da negra odara
Que predomina no Brasil?

A sua cor de jambo
Encanta e me fascina
Seja ao luminar da lua
No aconchego do Mocambo
Seja na viela da rua
Ela é menina, é poesia

Ela é minha negra flor
Que inala carinho
Em narinas de esplendor
O seu suspiro é alívio
Que pulveriza a minha dor

Marcos Antonio Lima
Assentamento Nossa Senhora Aparecida - Brasil
http://www.facebook.com/poesialima
http://marcosalima.com.br


Marcos Antônio Lima, nascido em Paulo Afonso Estado da Bahia. É Escritor, Cronista, Poeta e Acadêmico Fundador da ALAS– Academia Literária do Amplo Sertão Sergipano – Ocupante da Cadeira de Número 22, e Presidente da Comissão de Admissão. Autor das obras poéticas; Amor em Versos e Reversos (Scortecci Editora – SP) e, Jardim de Árida Poesia (Editora Kazuá – SP).

 
 

 

Livro de Visitas