FÉNIX

 

Edição Especial "Mulheres pela Paz" -  2017

 

 Clevane Pessoa -  Pots

 
 
 

 Mardilê Friedrich Fabre

 
 

PERFEIÇÃO
Mardilê Friedrich Fabre

O
Mais
Perfeito
Verso és tu,
Linda obra de Deus,
Deusa-mulher, enlevo meu.
Perdido estou em teu fulgor.
Tu és do luar
Poesia,
Cantiga,
Brilho,
Luz!

Mardilê Friedrich Fabre
São Leopoldo - RS - Brasil
http://fremitosdaalma.blogspot.com.br/


Mardilê Friedrich Fabre é professora, poeta, escritora, antologista e revisora de textos, membro de conceituadas entidades culturais, recebeu méritos culturais nacionais e internacionais. Participa de 61 antologias. Publicou os livros Literatura Gaúcha em Síntese, Poesia em gotas, Rumos da Poética no Século XXI, À Moda Antiga: Poemas, Nos Desvãos dos Sonhos, Versos Tecidos de Vida, Entardecer com Aldravias e o audiolivro Segredos... (CD de poesias recitadas e ilustradas).

 
 
 

Margarida Piloto Garcia

 
 

MULHER
Margarida Piloto Garcia

O que os olhos das mulheres dizem
tem o suspiro das feridas ligeiramente encobertas
com o nevoeiro das promessas.
O que os seus braços abraçam
são as opções de todas as batalhas femininas.
A suas bocas não falam só de amor
gritam enquanto se batem nesta selva.
Lá fora as crianças carregam sorrisos em bombas por explodir
e as mães lavam o sangue na areia onde as vergaram.
O medo não tem direito a beijos, nem a lágrimas apressadas
por isso as mulheres guardam-nos em cada ruga, em cada poro.
Sabem tudo mas engasgam as palavras porque o vento as devolve
por vezes em látegos de dor.
Amam na raiva e na meiguice. Estão no lado errado da lua
mas a luz explode nelas.
Intrometem-se, polinizam, abandonam-se e embriagam-se de amor.
Fecham as asas da crença mas intrépidas soltam-nas em alto voo.
Para falar de amor, as mulheres ajoelham-se como quem reza
porque dentro delas há sempre sonhos por cumprir.

Margarida Piloto Garcia
Lisboa-Portugal


Jurista. Leitora insaciável. Amante de tudo o que é belo, das artes, à fotografia, ao cinema, à literatura, à dança , à música, ao desporto, à natureza. Viciada em escrita desde as primeiras palavras que aprendeu a alinhar. Publicou poemas e contos em mais de 50 Antologias. Colabora com duas revistas literárias. Acredita no poder da imaginação e no trabalho e conhecimento para valorizar as palavras.

 
 
 

Maria Antonieta Gonzaga Teixeira

 
 

SEMPRE MULHER!
Maria Antonieta Gonzaga Teixeira

Mulher... que no dia-a-dia, trabalha
para fazer de sua terra uma grande nação.
Mulher exemplo de dignidade e simplicidade
Corajosa, destemida, e de grande coração.

Mulher brasileira, asiática, africana,
europeia - todas com sua sina.
Mulher mãe... que traz no rosto
a candura de mulher – menina.

Mulher que gera seu filho
amamenta-o e à felicidade o conduz,
que o educa, indica o rumo a seguir
a busca de um farol de luz.

Mulher de ternura sem limites
de brilho no olhar... para acolher,
que ama, que se doa com alma bendita,
MULHER... Sempre MULHER...

Maria Antonieta Gonzaga Teixeira
Castro-Paraná-Brasil


Maria Antonieta Gonzaga Teixeira é autora do livro “Dos Pequizeiros às Araucárias” e do livro Instituto Cristão: Arte e Vida. Participação em Antologias no Brasil, Portugal e Chile.
Exposições de Artes: em Castro, Ponta Grossa e Curitiba no Estado do Paraná e em Comodoro Rivadavia - Argentina.

 
 

 

Livro de Visitas