FÉNIX

 

Edição Especial "Mulheres pela Paz" -  2017

 

Nequitz Miguel -  2

 
 
 

Raquel Ordones

 
 

MULHERES PELA PAZ
Raquel Ordones

São bélicas, singelas, e tão fortes,
Dão nortes, vidas; é porto seguro,
Em escuro clareia, nas teias cortes,
Transportes de amor em baú tão puro.

Duro caminho, flores e espinhais,
Varais de saber, encanto, emoção,
Oração a valer, nos seus e meus ais,
Cais de alento; é berço e sedução.

Canção, perfeito som, leve batida,
Sentida, mas perdão é transbordante,
Calmante de dor em qualquer instante.

Gestante, matriz, engenho de vida,
Florida alma e do mundo é cartaz,
Atrás de Deus; é a mulher pela paz.

Raquel Ordones
Uberlândia – MG - Brasil


Administração de empresa / Marketing– setor calçadista
Magistério / Contadora de história
Poeta / prefaciadora/ orelhista / antologista/ cronista/sonetista

 
 
 

Reginaldo Martins

 
 

MULHER
Reginaldo Martins

A mulher que amo, ontem era menina,
Hoje, tem juventude e maturidade,
Se tem vinte, trinta, quarenta anos ou mais,
Eu não sei... é a mulher que amo.

A mulher que amo, não a chamo pelo nome ou codinome,
Se nasceu no ocidente ou talvez no oriente.
Seu endereço... o universo,
Eu não sei... é a mulher que amo.

A mulher que amo, é essência da natureza.
Tem corpo, rosto, desejo e beleza.
Na trincheira do dia se faz guerreira,
Eu sei... é a mulher que amo.

A mulher que amo, não é santa nem profana.
Traz consigo a divindade,
Ela é a fonte, que do útero nasce a compaixão
Seus filhos é missão da decisão
Eu sei... é a mulher que amo.

A mulher que amo, tem fé, razão e reivindicação.
No coração nasce a paixão
Dá inspiração à minha canção
Eu sei... é a mulher que amo.

A mulher que amo, é temporal,
Inaugurou o passado, celebra o presente,
Inspira o meu futuro.
Eu sei... é a mulher que amo.

A mulher que amo, tem dias bem e mal-humorado,
Chora a emoção da alegria, que traz no peito enamorado,
Sonha, vive a intensidade dos dias apaixonados.
Eu sei... é a mulher que amo.
Quisera eu... ser seu amado.

Reginaldo Martins Santos
Aracaju – Sergipe – Brasil
facebook: reginaldo Martins
Instagran: reginaldomartinssantos


Nasceu no município alagoano: Piaçabuçu, estado de Alagoas, adotou como cidade do coração Aracaju estado de Sergipe, desde 1968.Formado em Administração de Empresa pela Faculdade São Luís de França, pós-graduado em Gestão empresarial e Direito previdenciário. Funcionário público federal do Instituto Nacional do Seguro Social – INSS desde 1981. Experiência artística: teatro e artes plásticas.Iniciou a escrever em 1984.Classificado com a poesia: DESPERTAR no concurso Nacional Novos Poetas – Antologia Poética Premio Poesia Livre 2016

 
 
 

Renata Gomes

 
 

SER MULHER
Renata Gomes

Mulher, ser que encanta
Alma que canta, ilumina, irradia
Brilha ao brilho de um olhar
Perfume que exala
Coração que ama.

Mulher, mãe, esposa e amiga
Tantas funções
Tantos sonhos
Tantos sorrisos...

Ser que gera vida,
Gera amor
Gera luz
Produz.

Renata Gomes
Taguatinga - DF - Brasil


Renata Gomes - Funcionária da Biblioteca Braille Dorina Nowill, uma artista e tanto na arte de decorar ambientes, aprimorando-se cada vez mais no artesanato com o uso de materiais reciclados. Responsável pelas ilustrações adaptadas de livro a ser lançado em Portugal de literatura infantil, em alto relevo para deficientes visuais.

 
 

 

Livro de Visitas