FÉNIX

Edição Especial "Mulheres pela Paz"

  2018

W.J.Solha - São Jorge vê que a mulher está se dando bem com o dragão

 

 

Tiago Emílio Rosado

 
 

POÉTICA
Tiago Emílio Rosado

Sonho poético das esperanças
Buscando em meio a lembranças
A terna voz maternal
Da mulher que sentia a paz sem igual
De olhos cansados
Olhava o destino dos não alados
Como a intui
Como a não desistir
Da própria moção
Do sentimento
Da ação

Andava dentre prédios abissais
Entre dores dos conflitos existenciais
Dobrou o próprio destino
Rindo
Rindo
Do sofre nao encantado
Buscando mais que apenas sofre de lado
Adentrou a razão
Elevou a pena do pensar então
E do passado longínquo
Estremeceu a pré concepção
Aí que mulher
Onde si vislumbra a fé

Neste confia
Que o mundo é muito mais do que está la
Está em si
Bem ali
Gerando a própria razão
Criando esse mundo esse mundo
Que logo não será Silêncio do então
Bela semi alada
Bela humana cansada
És o motriz
Da paz
Da inquietação
Onde estará o amor
Sem temor
Onde avera a beleza
Com aquela terna destreza
Se não em sua intensidade
Se não em sua tenacidade .

Tiago Emílio Rosado
Itanhaem - São Paulo - Brasil


Artista plástico,poeta,praticante amador de artes marciais,praticante de kardecismo .

 
 

 

Tonny Cota

 
 

PAZ...ONDE ESTÁS?
(aos homens de Boa Vontade)
Tonny Cota

Encantas-me os olhos que me vês,
com bondade, simplicidade e Divina Luz
que irradia e tua presença dispensa
qualquer sentimento
que não sejas agradável...ao Sublime olhar!...
Suave é o tempo
contado no relógio do Khronos
recheado de momentos alegres
mas,breves de Paz e Amor...
sinônimo da beleza contida
na imagem de uma bela flor!...
A natureza perene...é inversa
pode ser expressa em gestos
ou em Anjos e Arcanjos
em animais considerados irracionais...
e quanto ao homem...não Te contradizem?...
A magia que contagia
nosso saber
insiste em dizer
por Crer...sem textura
que somos apenas
um grão de areia
a contaminar
este Universo de Luz!...
Taças de prata
ouro e mirra
incensos suaves
a tocar os sinos
teus olhos,mente e coração
na bagagem dos anos
nos enganos
desta massificação!...
Terás um jeito...ou não?....

Tonny Cota
Itabirito - MG - Brasil

 
 

 

Valeria Pisauro

 
 

QUEM ELA QUER
Valeria Pisauro

Ela é Diana de Copacabana,
Ana da Lapa, Joana que ama
Na Barra, na marra, na cama,
Em qualquer lugar.

Passista das guias, desdita, bendita,
Nos becos, nos guetos, nas vilas, nas filas.
Desfila rainha, nas noites, no cais ao luar.

Ela é mulher, é quem ela quer,
Desatina sua sina,
Ela é mulher, é quem ela quer,
Ela dança com as ninfas,

Já teve família, sonhou menina,
Hoje, Maria de todos os dias,
Dos solitários a companheira,
Dos abandonados, a alegria.

É novela e favela, é fantasia.
Na calçada é plateia, dama, meretriz,
Ela é Mangueira, é de quem a queira,
Sem beira nem eira,
Vive por um triz.

Ela é fulana, sicrana, beltrana,
Já foi mucama, Chiquita Bacana,
É Maria da Penha, que apanha sem pena.,
É de paga pouca, sem beijo na boca,

Carta marcada, corpo-salário,
Vira de lado, despe a máscara,
Segue calada, quando a luz se apaga,
Não teme mais nada, nem olha para trás.

Ela é mulher - ela é seda,
É quem ela quer - é chita,
Retalhos de poesia
Ela é mulher - sorri,
É quem ela quer e quer bis,
Ela dança com as ninfas!

Valeria Pisauro
Campinas - SP - Brasil


Valeria Pisauro nasceu em Campinas, SP. Exerce intensa atividade cultural na literatura e na música, como poetisa, contista e letrista musical. Possui vários trabalhos literários editados e poemas musicados, tendo a felicidade de compor e gravar com parceiros brilhantes, inspirados e renomados compositores de todo o país.
O requinte de suas letras bem elaboradas são fruto de pesquisas, onde a variação de estilos traduz a força e a leveza de um trabalho sofisticamente inovador.
Membro efetivo da ACADEMIA NACIONAL DE LETRAS DO PORTAL DO POETA BRASILEIRO; Membro Nacional Vitalício da ACADEMIA DE LETRAS DO BRASIL/ALB/PIRACICABA-SP; do PORTAL DO POETA BRASILEIRO; do CLUBE CAIUBI DE COMPOSITORES e de grupos de estudos sobre a cultura nacional. Participa de certames culturais, de idôneas antologias poéticas e de reconhecidos festivais de música.

 
 

 

Valterlei Salmazzo

 
 

A VOCÊ MULHER!
Valterlei Salmazzo

A vida seria eterna alvorada
se toda mulher fosse amada,
não haveria contenda
muito menos guerra.
Mulher geradora!
Que ama, perdoa,se doa.

Mulher ensina nos amar!
Mulher ensina nos amar!

E que amando,
seremos amado
Cultivando vocês e flores.
Exala perfume olores
a felicidade dos amores
a harmonia,a paz.
Assim cantamos a felicidade.

Valterlei Salmazzo
Curitiba - Pr - Brasil


Valterlei Salmazzo - Natural de Anhumas/SP,nascido em 05/10/1946. Mora em Curitiba/Pr,desde junho de 1978. Técnico em Contabilidade,Comerciante,Músico por hereditariedade e Poeta Trovador na UBT.

 
 
 
 

 Flag Counter

Clique aqui para ver todos os detalhes e estatisticas do site