Abril de 2017

Ano VII - Número XLVl

 

 

Carmen Lúcia Hussein

 
 

POESIA: A SUA IMPORTÂNCIA
Por Carmen Lúcia Hussein


A redação de poesia beneficia o aluno no processo crítico e criativo ,na leitura e redação crítica e criativa que o leva a questionar e a refletir sobre os valores e os problemas existentes da vida. E que ele adquira a apreciação nas suas qualidades poéticas como a beleza, a harmonia e a simplicidade que além de serem percebidas no poema também são vistas nas pessoas e na vida. Outros benefícios melhoram a apresentação daqueles com linguagem limitada como também aumenta a motivação e os hábitos de leitura de poesia e da literatura Também indica a influência e a importância terapêutica da aprendizagem da poesia sobre a saúde mental e as dificuldades e os conflitos emocionais dos aprendizes (Xerri,2013).
A criatividade é muito importante no nível social e incentiva os indivíduos a serem pioneiros e a progredirem em ciência, tecnologia, saúde e arte. Ela é relevante para o nível global da sociedade e pode ajudar na realização de um mundo mais interativo na civilização humana podendo também ser importante na solução dos problemas da vida real para todos os indivíduos. E o ser humano não teria avançado nas invenções, nas descobertas, da ciência, na literatura e nas demais artes se não houvesse este processo (Sak,2004).
O processo criativo se relaciona com a prevenção de problemas à medida que auxilia o individuo a desenvolver o seu potencial e a facilitar a emergência de suas forças internas na resolução de problemas presentes e futuros.(Wechsler,1993).
Novaes(1971) considera que os textos poéticos dão a oportunidade de refletir sobre os problemas do homem e da vida do homem. E possibilita ele questionar e refletir face aos valores existentes, pois o material do poeta é ele mesmo e a sua vida e assim a poesia pode expressar a sua experiência, a do outro e a do mundo.
Por sua vez Freud (1906) considera a obra literária, como um devaneio que é a continuação ou o substituto da brincadeira infantil e que a satisfação de usufruir da leitura de uma obra literária conduziria a uma liberação de tensões na mente do escritor que possibilitaria a ele obter o deleite de seus próprios devaneios não tendo assim autoacusações e vergonha.
Foram encontrados alguns estudos que mostraram a importância da leitura ou a escrita da poesia para a melhoria clinica de alunos ou pessoas sendo que eles indicaram a função e a importância terapêutica da poesia. Mazza (2012) achou que a redação de poesia foi útil para melhorar a autoestima, a solução de problemas, a interação social e o comportamento pró-social de jovens. Kaufman e Kaufman (2007) afirmam a importância do uso da poesia para ajudar a dificuldade emocional na dor. Staltaro (2006) encontrou que a poesia aumentou certos processos internos e positivos, tais como insights, e diminuiu os conflitos interiores. Também Vass (2002) mostrou que a escrita de poesia melhorou as dificuldades de saúde mental de jovens.
Pode-se dizer que é comum às pessoas no mundo atual caírem no ativismo e correrem muito e terem uma vida superficial e vazia. Assim, considera-se que a poesia lembra a espiritualidade, a religiosidade, a alma e os sentimentos. E que se pode com a poesia obter os valores mais dignos da vida, como o amor e a solidariedade, a beleza, o bem, a justiça, a verdade e a liberdade com a poesia. O poeta traz vários ângulos da existência bem como mostra a importância do sentido dela. A poesia leva o leitor a refletir, a contemplar, a meditar, e dar um maior significado ao existir (Hussein, 2013)..

Carmen Lúcia Hussein
São Paulo - Brasil
www.carmenluciahussein.com.br


Carmen Lúcia Hussein é poeta e professora universitária de Psicologia. Doutora e com Pós-Doutorado em Psicologia do
Escolar do instituto de Psicologia do Escolar da Universidade de São Paulo.Pertence a várias academias no exterior e nacionais. Tem 95 Antologias e possui cerca 20 livros de Poesias, sendo que alguns deles estão divulgados no exterior. Seus livros estão em: www.livrariacultura.E estão reeditados em e-book em: www.amazon .Carmen Lúcia Hussein.

 
 

 

Carmo Vasconcelos

 
 

A PEDRA
Carmo Vasconcelos, IWA

Todas as noites
há mãos que se entrelaçam
e dedos que se multiplicam…
Bocas e hálitos e línguas de fogo
que se unem em labor de esquecimento
de passados e futuros.

E a pedra… É pedra!

Mas, numa noite mágica…
Mãos e dedos
bocas e hálitos e línguas de fogo
unem-se
envolvidos com poemas
e cheiros de jardim.

E a pedra…
Solta os seus cabelos de prata
e mostra a nívea pele de veludo.

In "Memorando de Fogo"
leia mais em:

 http://www.carmovasconcelos-fenix.org/Memorando/CV-V-01.htm

Carmo Vasconcelos
Lisboa/Portugal
http://www.carmovasconcelos-fenix.org


Membro Vitalício da International Writers and Artists Association - IWA, Toledo, Ohio/USA; Embaixadora Internacional do Movimento de União Cultural - Taubaté, Brasil; Medalha da Paz/CONINTER; Comenda Conde de Figueiró/Embaixada da Poesia; Membro Universal Circle of Ambassadors of Peace - France & Suisse; Mulher do Ano 2015/Embaixada da Poesia; Embaixadora Internacional e Imortal/AVLAC; medalha de Mérito Cultural/Curitiba - Brasil 2015; Prémio "Cultivo da Paz - Hiroshima 70 Anos", do Movimento União Cultural; Comenda da Embaixada da Poesia/AVLAC;Honra ao Mérito "Carlos Drummond de Andrade" (AVLAC); Mérito "Prata da Casa" da AVLAC;PrémioS ZAP 2009/2010/2012/ 2015 - pela Presidente do Projeto "ZAP", Elizabeth Misciasci; Académico Correspondente e Membro Honorário da Academia Pan-Americana de Letras e Artes-Rj-Brasil; Académica Imortal da Academia da Cultura Internacional da União Cultural, itular da cadeira número 7.Académica Imortal da Virtual Academia Poética Brasileira (como representante de Portugal)
Veja biografia completa da autora em: http://www.carmovasconcelos-fenix.org/CV-bio.htm
E leia seus poemas em: http://www.carmovasconcelos-fenix.org/CV-indice.htm

 

 

Carolina Ramos

 
 

ESPERANÇA
Carolina Ramos

Que falta faz a mão do Poverello!
Mão chagada, que lembra o Salvador!
Mão que outras mãos unia! Um suave elo...
elo de luz fraterna... elo de Amor!

Que falta faz o ardor do seu anelo,
quando tentava unir a um só Pastor
as ovelhas dispersas – sonho belo,
que a vida se compraz em decompor!

E a vida o quanto vale?! – Um quase nada!
Por todo o lado, há só gente empenhada
em fazer gente ser mais infeliz!

...Quem sabe, ainda houvesse uma esperança,
se o mundo ouvisse a voz, humilde e mansa,
do bom Francisco...nosso Irmão de Assis!

Carolina Ramos
Santos - SP - Brasil


Carolina Ramos - Nascida em Santos, SP Brasil. Professora, Poetisa, Escritora. Livros publicados 16, de Contos, Contos Natalinos, Poesias, Trovas, Biografias, etc. E outros, inéditos, incluindo folclore. Premiações no Brasil e Exterior, em Poesias, Contos, Crônicas e Trovas.
Pertence à Acad. Cristã de Letras, de São Paulo; Acad. Santista de Letras, Acad. Feminina de Ciências Letras e Artes de Santos, Acad. Peruibense de Letras; diretoria do Inst. Hist. e Geog. de Santos, que presidiu de 2000 a 2007, em três gestões; Presidente da União Bras. de Trovadores /UBT/ Seção de Santos e ao Conselho Nac. da UBT, e a outras entidades culturais do Brasil. Título de "Magnífico Trovador" e de "Sócia Benemérita da UBT"

 

 

Caroline Paixão

 
 

NOITES VAZIAS
Caroline Paixão

Sem você
do meu lado
minhas noites
são vazias
Não consigo dormir!
Vivo pensando
em nosso amor...
está difícil
te esquecer.
Preciso te ter
de volta
em meus braços

Caroline Paixão
Aracaju – Sergipe - Brasil


Caroline Paixão nasceu em Aracaju - SE. Atualmente reside em Nossa Senhora do Socorro, SE. Cursou o ensino médio no Colégio Estadual Gilberto Freyre, concluindo esse curso em 2014. Gosta muito de ler e foi através da leitura que tomou gosto pela poesia. A partir daí, descobriu ter o dom de escrever. Ama ler o clássico poeta, Carlos Drummond De Andrade. Espelha - se no amigo escritor, Domingos Pascoal, bebendo os seus ensinamentos e sonhando ser, um dia, uma famosa poetisa.
Em 2015, começou a escrever os seus primeiros rabiscos literários, após participar do grupo literário, Café Poético Sergipano, organizado pela escritora e ativista cultural, Cris Souza, em Aracaju, Sergipe. Publica seus textos em revistas, Antologias Poéticas, sites e nas Redes Sociais.

 

 

Cecy Barbosa Campos

 
 

REPRESENTAÇÃO
Cecy Barbosa Campos

A vida é uma grande peça
que nos pregam ao nascer.
Dela somos personagens
de tragédias, de comédias,
do Teatro do Absurdo
no absurdo do mundo.
De um lado para outro,
em muitas cenas presente,
convencendo em alguns momentos,
em outros não convincente,
passamos de herói a vilão,
conforme a situação.
Inimigos enfrentamos,
que com intrigas e deslealdade
nos surpreendem a cada instante.
Mas, cenas de amor e romance,
alegria e entendimento
vão aliviando a tensão
até que, o final do drama
promete a reconciliação
e o puxar das cortinas
traz a paz aos bastidores,
com o Diretor Geral
abençoando os atores.

Cecy Barbosa Campos
Juiz de Fora - MG - Brasil


Bacharel em Direito, Licenciada em Letras- Inglês e Mestre em Letras (Teoria da Literatura), pela UFJF. Membro de Academias de Letras e Instituições Culturais no Brasil e no Exterior.Livros: The Iceman Cometh:a carnavalização na trajédia; O Reverso do Mito e outros ensaios; Recortes de vida: contos e crônicas; Cenas: poemas e Crepusculares; Caleidoscópio - Poetrix 2014