Abril de 2017

Ano VII - Número XLVl

 

 

Dioni Virtuoso

 
 

GUARDADOS
Dioni Virtuoso

Vasculhando as gavetas do coração,
achei tantas lembranças adormecidas!
Uma delas, chamava muito a atenção:
folha amarelada com letras esmaecidas...

Era um poema de amor, bem escrito.
Parei o tempo, mergulhei na leitura!
Trazia meu nome com letras em negrito
e uma história de amor, cheia de ternura.

O papel, embora amarrotado pelo tempo,
deixou gravado em meu pensamento
cada frase de amor a mim dedicada...

E uma tristeza enorme meu ser invadiu,
pensando que a minha desfeita consumiu
o coração de quem muito me amava!

Dioni Fernandes Virtuoso
Criciúma/SC/Brasil


Dioni Fernandes Virtuoso mora em Criciúma/Santa Catarina/Brasil, desde sua adolescência. Formada em dois cursos de Artes pela Universidade do Extremo Sul Catarinense – Unesc, com especialização em Arte Educação, lecionou durantes vários anos.Hoje aposentada, dedica-se à escrita de seus poemas, com trabalhos em sites, e academias virtuais.Participou de antologias no Brasil/Portugal e de concursos com várias premiações.É membro da Academia Virtual de Poetas e Escritores- AVSPE e Acadêmica Imortal, cadeira 34 da Academia Criciumense de Letras _ ACLe.

 
 

 

Dom Moysés Barbosa

 
 

DEUS É O AUTOR
Dom Moysés Barbosa

Se na terra, escritor, eu faço poesia
é que do céu Deus me dá inspiração.
quando no passado eu a lápis escrevia
Ele o movimentava com a Sua mão.
Hoje me achego ao computador
Para abordar meus temas preferidos
Ele vem e entra no meu coração
Ponho meus dedos, Ele aciona as teclas
Faz-me esquecer dos tempos sofridos
Como agradeço em momento de oração
Muitos dizem que sou bom escritor
Mas na verdade sou eterno aprendiz
A obra é minha mas de Deus é a autoria
E é por isso que fala de amor e paz
E quando do Santo Evangelho ela diz
É para trocar um choro por alegria
Não quero ser dono dos meus versos
Pois és tu, Senhor, que fazes para mim
Continue como foi com o profeta Moisés
Ditando-lhe as palavras, e repetindo
Talvez um dia serei o autor, poeta, enfim
Para contar em versos o quão bondoso és.

Dom Moysés Barbosa
Brasil

 

 

Eda Carneiro da Rocha (Poeta Amor)

 
 

VERSOS DE MAGIA
Eda Carneiro da Rocha - "Poeta Amor"

Meu manto é de púrpura real
Para cobrir-te com meus rogos e anseios
Da poesia que se fez guarida em minh'alma
A germinar de amor.

Louvada seja, Maria, que embeleza a minha vida
com tanto Fervor!..
Mesmo em sua dor, não nos deixou e
Recebeu seu Filho Amado, descido da Cruz,
Com todo amor !

Louvada seja a Luz que vem de Deus,
Para nos dar alento, em nossos dias atribulados!

Que este céu de ilusão nos dê dias melhores, capazes
De nos tirar da solidão!..
Que este nosso coração seja suavizado com a
Magia do Amor, que, com esse coração todas
As mazelas sejam retiradas, pelo bem do Amor!

E, que esta Poesia me acalente, me tire
Do lugar ermo e triste que me faz quase querer ser
Um Poeta Ermitão!

Não deixarei que isso aconteça !..
Tendo a poesia, não ficarei só,
Não serei ermitão!
Serei apenas a forma e o fundo,
Em prosa e verso da
Magia do Amor!..

Eda Carneiro da Rocha - "Poeta Amor"
São José dos Campos - SP - Brasil
www.albumpoeticoeda.com.br

 

 

Editt Schimanoski de Jesus

 
 

UM VIVENTE
Editt Schimanoski de Jesus

O olhar perdido no horizonte
Sem rumo...
Levanta a cabeça vivente
E agradeça este paraíso!
Pois para viver
Muita coragem é preciso...
A natureza é muito simples
Mas nós humanos, complicamos...
Ela nos dá uma lição.
Temos que tratar com amor
Toda a criação!
Os mananciais, as matas ciliares
As plantas, rios e animais.
Não envenenar a terra...
E nem a água potável.
Mesmo no charco
Em grandes banhados
Nos desertos... Sempre há um Oasis!
Flores e frutos brotam...
Com tamanha perfeição
Cultivemos a terra, ela é viva
Quer ser tratada com cuidado
Abençoada é, se plantando tudo dá!
Não poluamos as águas...
Que servem para matar a sede
Água é vida, é o sangue da natureza!

Editt Schimanoski de Jesus
Agudo- Rio Grande do Sul- Brasil


Escrevo poesias desde 2007. Escrevo para o Jornal Integração de Restinga Seca-RS . Faço parte de várias Antologias: Poetize 2013, Rio dos Bons Sinais de Moçambique na África.“Logos” da Fenix de Portugal. Participei de algumas edições da revista Eisfluência de Portugal. Faço Parte de E-book literário. Tenho publicado um livro Poemas Quarta Colônia. Faço parte da Academia de arte e letras Condorcet Aranha de Restinga Seca-RS cadeira 25. Faço parte do IN-Brasin-RS . Sou diretora cultural da microrregião de Restinga Seca-RS-Brasil . Sou membro da(AVSPE) Academia virtual sala de poetas e escritores.

 

 

Ednaldo F. Santos

 
 

UM PARA O OUTRO
Ednaldo F. Santos

As vezes paramos, pra dizer isso?'
-Um para o outro! Você, já se imaginou, sem mim?
-E sabe, qual é a resposta?
(Lágrimas)

O amor verdadeiro?
Ele não morre, ele se recria
no tempo e na esperança!
E ainda nos diz;
-O que, se necessita de imediato!"

Quando algo nos tece,
ou nos faz de completo?
Dizemos, que estamos conectados.
Sobre a força da felicidade.'

E quando choramos a felicidade?
Muda-se, o tempo, muda-se, a alma nua!"
Eu, amo deitar-me na sua pele,
e amá-la com todo prazer
trazendo-lhe coisas, que eu sei?
Que posso, trazê-las.

Ednaldo Florentino dos Santos
Jundiaí - São Paulo - Brasil
https://www.facebook.com/VivendoIntensamente574861835899307/
https://www.facebook.com/Vivendo-Intensamente-II-544050252376708/


Membro da Associação dos Poetas del Mundo
Membro do Peapaz : Poetas e Escritores do Amor e da Paz
Membro da Casa dos Poetas e da Poesia
Membro do Movimento União Cultural - Cordenador Internacional