Junho de 2017

Ano VII - Número XLVII

Suplemento Junino

 
 

José Hilton Rosa

 
 

FESTA JUNINA
José Hilton Rosa

Um jeito puro de regiões
Carregados de romantismo
Um encontro incomparável
Olhares apaixonados
Cumplicidade no amor
Um tempo que espera sem pressa
Enamorados para sempre
Uma festa de dança e conquista
Ocupando toda pista
Com canjica e casamento
Festejam com contentamento
Tradição e cultura no mês de junho
Compartilhando o frio com brindes e alegrias

José Hilton Rosa
Belo Horizonte - MG - Brasil

 
 

 

Josue Ramiro Ramalho

 
 

FESTAS JUNINAS NO NORDESTE
Josue Ramiro Ramalho

No inverno dos nordestinos
Onde vivemos desde meninos
Trabalhando e cantando feliz¨
Ninguem segurava a alegria
Nas festas que se faziam
Alegres como eu sempre quis
Quando junho chegava na roça
Fogueiras em frente as palhoças
Nas noites que a gente ascendia
Tantos fogos a pipocar
Muito forró sempre a tocar
Num mundo de fantasia
Santo Antonio comemorava
Depois são João remendava
Até são Pedro vir festejar
Nas rodas de danças faceiras
Minha gente bem brasileira
Dançava pra noite virar
Canjicas, bolos, amendoins
Pamonhas, licores, enfim
Faziam a festa maneira
Sanfoneiros pelos salões tocavam
E, enquanto o povo todo dançava
Eu assava milho na fogueira
Frutos da época chegavam de montão
Alegrando o nosso São João
E todo nordestino agradecia
Com tanta fartura da terra
Ninguem aqui pensava em guerra
Só festejando com alegria
Nas roupas bem coloridas
A gente dançava com vida
Para a festa sempre dar certo
Depois do arraiá formado
Os pares dançavam de lado
E todos ficavam espertos
Na roça, alguns tambem se casavam
Em volta das fogueiras juravam
Se amarem eternemente
Assim, todo São João deixa lembranças
Pois a festa é cheia de esperança
Que nunca foge da nossa mente.

Josue Ramiro Ramalho
Salvador - Bahia - Brasil

 
 

 

Kalil Guimarães

 
 

FESTA DE SÃO JOÃO
Kalil Guimarães

Acorda criançada
hoje é dia de São João
santo querido
lá pras bandas do Nordeste.

Com amor e devoção
o povo festeja
as noites juninas.
as crianças em alvoroço
cantando toadas
brincam de cirandinha.

Tem
foguete
busca-pé
traque
pistolas de estrelinhas coloridas
rojões -os mais temidos-
balões que sobem errantes...

São João
é santo católico
mas também é o Orixá Xangô
nas religiões afro-brasileiras.

As festas juninas
aquecem os corações
o estrondo das bombas luzentes
as fogueiras com suas
chamas douradas
encantam a todos.

Homens e mulheres
se vestem a caráter
eles usam jeans
e camisas de xadrez
elas lindos vestidos
de chita estampada
com muitos babados
colocam maquiagem caipira
de cores bem vivas
destacando a beleza das mulheres.

A culinária é especial
bolos
pamonhas
canjicas
milho e batata doce
assados na fogueira...

À noite no salão a festa rola
o sanfoneiro acompanhado
de pandeiro e zabumba
começa tocar
chamando o povo pra dançar
o forro Pé-de-Serra
que contagia os casais.

No terreiro tem a festa do arraiá
quadrilhas dão o tom da brincadeira
conforme os costumes da região
o comando
é dado em um misto
do francês
alavantú
anarriê...
e do brasileiro
em que o narrador
dá força à brincadeira ao bradar
grande passeio
damas ao centro
olha o túnel
coroar damas
caminho da roça
olha a cobra...
até a despedida.

Anely Guimarães Santos (Kalil Guimarães)
Brasilia - DF - Brasil

 
 

 

 

 

 

Clique aqui para ver todos os detalhes e estatisticas do site