Agosto de 2017

Ano VII - Número XLVIII

 
 
 
 

Rosangela de Oliveira Santos

 
 

SONHOS
Rosangela de Oliveira Santos

Eu sonho
Tu sonhas
Ele sonha
Nós sonhamos
Vós sonhais
Eles sonham
Todos sonharão
até que a luz se apague
num último suspiro

Rosangela de Oliveira Santos
São Paulo - Capital - Brasil


Rosangela de Oliveira Santos, natural de São Caetano do Sul, São Paulo - Participou de antologias promovidas pelo Proyecto SUR/Brasil no Congresso Brasileiro de Poesias em Bento Gonçalves, Brasil.
Participou de grupos de poesia, fez vários cursos, e participou de encontros literários no espaço Haroldo de Campos de Literatura e Poesia - Casa das Rosas.

 
 
 
 
 

Rosimeire Leal da Motta Piredda

 
 

TIMIDEZ
Rosimeire Leal da Motta Piredda

Tentei exprimir meus sentimentos
com declarações vindas do coração.
Mas, a vergonha apertou o meu pescoço,
os sons a ser articulados prenderam-se na garganta.
Minhas ideias fundamentais da vida
não puderam ser transmitidas.
A insegurança me obrigou a renunciar
ao meu desejo de ser feliz.
Ensaiei falar claramente o que sentia,
no entanto, perdi o ar, quase provocando asfixia.
Ao longe, a existência acenou para mim,
porém, a timidez não me permitiu responder.
Presa por nenhuma corrente,
contudo, impossibilitada de caminhar.
Minhas palavras foram enforcadas,
morreram antes que eu pudesse expressar
a pessoa que eu sou.
Por fim, meus lábios se abriram,
mas, emitiram vocábulos ao vento.
E o ar atmosférico em movimento natural,
causou erosão nos meus ânimos,
remodelando friamente
a paisagem do meu eu.

Rosimeire Leal da Motta Piredda
Vila Velha – Espirito Santo – Brasil
http://www.rosimeiremotta.com.br/
https://www.facebook.com/profile.php?id=100011114436011

 
 
 
 
 

Rosinha Bonette

 
 

PAI DE TODO JEITO
Rosinha Bonette

Tem pai que ama, tem pai que esquece do amor.
Tem pai que adota, tem pai que abandona.
Tem pai que não sabe que é pai, tem filho que não sabe do pai.
Tem pai que dá amor, tem pai que dá presente.

Tem pai por amor, tem pai por acaso.
Tem pai que se preocupa com os problemas do filho.
Tem pai que não sabe dos problemas do filho.
Tem pai que ensina, tem pai que não tem tempo.

Tem pai que sofre com o sofrimento do filho,
Tem pai que deixa o filho esquecido.
Tem pai que encaminha o filho.
Tem pai que o deixa no caminho.

Tem pai que assume, tem pai que rejeita.
Tem pai que acaricia,Tem pai que não da carinho.
Tem pai que afaga, tem pai que só pensa em negócios.
Pai, é aquele que seja consciente do amor que tem para dividir.

Rosinha Bonette
Itatiba - SP - Brasil

Rosa Bonette, conhecida como Rosinha Bonette.Funcionária Pública Municipal. Graduada em Pedagogia, Pós-graduada em Psicopedagogia e Educação Especial, atuando na area da Educação com Atendimento Educacional Especializado com alunos da Rede Municipal. Escrever é minha paixão.

 
 
 
 
 

Rozelene Furtado de Lima

 
 

PRISIONEIRO DA INVEJA
Rozelene Furtado de Lima

Ao longe vem um canto triste trinado
Um pedido de socorro, um choro cantado,
É um lamento, o som pesado da agonia
Uma queixa que ouço durante todo o dia

É um pequeno pássaro lindo e indefeso
Que foi objeto de um homem invejoso,
Da beleza, da liberdade e do canto mavioso.
Foi iludido, caçado, condenado e preso!

A pena mais dolorosa, mais cruel!
Viver numa pequena gaiola de madeira
Com um poleiro, água, forro de papel,
E uma ração considerada de primeira.

O canto da tristeza ressoa apelante
Que foi que eu fiz? Tirem-me daqui...
Vou voar muito alto para bem distante
Eu juro, nunca mais vou voltar aqui,

Prometo agora: - nunca mais cantar,
Nunca mais anunciar o amanhecer
E no por sol me calar e me esconder
Nunca mais, na sua frente aparecer.

Mas me solte, não quero ser prisioneiro.
Quero ser passarinho, sair deste poleiro.
Quero soltar minhas asas com vento viajar
Com o bando da minha plumagem, voar.

Quero construir meu ninho
Quero chocar meus ovinhos
Quero ter meus filhinhos
Não quero viver sozinho!

Tenho alma nobre e voz de cantor.
Tenho a sensibilidade do poeta.
Tenho a vida livre como meta.
Tenho na mente o amor do criador!

Rozelene Furtado de Lima
Teresópolis- Rio de Janeiro - Brasil
www.rozelenefurtadodelima.com.br

Professora, bibliotecária, escritora, contista, poeta, artista plástica. Coautora em 405 Antologias nacionais e internacionais. Textos publicados em Portugal, França, EUA, México, Espanha, Itália, Alemanha, Uruguai, Argentina, Chile, Bolívia e Suíça. Cinco livros publicados. Membro de diversas Academias de Letras de Artes, entre elas, a Academia Teresopolitana de Letras. Prêmios Nacionais e internacionais: Menção Honrosa Prêmio Nosside de Poesia Calábria-IT 2016; 1º lugar no Concurso Sem Fronteiras pelo Mundo Poesia-2016 ; Prêmio Literarte “Melhores Coletâneas de Conto” 2016; Prêmio Nordestino de Literatura Ed.Mágico de OZ 2016. 2º Prêmio Talentos Helvéticos-Brasileiros “Melhores livros de Contos” 2017