OUTUBRO de 2017

Ano VIII - Número XLIX

 
 
 
 

Rosinha Bonette

 
 

EU TENHO TUDO PARA SER FELIZ
Rosinha Bonette

Viver...
É chegar onde tudo começa!
Amar...
É ir onde nada termina!
Vive...
Como se fosse cedo!
Reflete...
Como se fosse tarde!
Sente o que tu dizes...
Com carinho!
Diz o que pensas...
Com esperança!
Pensa no que tu fazes...
Com fé!
Faz o que tu deves fazer...
Com amor!
Todas as manhãs é nos dada uma oportunidade de um novo recomeço.
Olha no espelho e diz...
EU TENHO TUDO PARA SER FELIZ.

Rosinha Bonette
Itatiba - SP - Brasil

Rosa Bonette, conhecida como Rosinha Bonette.Funcionária Pública Municipal. Graduada em Pedagogia, Pós-graduada em Psicopedagogia e Educação Especial, atuando na area da Educação com Atendimento Educacional Especializado com alunos da Rede Municipal. Escrever é minha paixão.

 
 
 
 
 

Rozelene Furtado de Lima

 
 

RUIDOSO SILÊNCIO
Rozelene Furtado de Lima

Muito bom ouvir o som
do beijo na declaração amorosa,
do eco no riso da certeza,
da sinfonia na orquestra da natureza
no amanhecer com trinados das aves.
Das cigarras afinando os instrumentos,
do ciciar do fogo a aquecer o alimento
do sussurro que completa o prazer.
Ruim de escutar é o barulho
pesado do trânsito parado,
do bate estacas da construção,
do ronco da motosserra na mão
de quem derruba árvores em extinção.
Não gosto nada mesmo
do som lamúrico do choro,
do grito desesperado a soluçar,
do estampido da arma a matar,
da pancada cruel a bater,
som triste constante do sofrer.
Pior que todos os maus sons
É o que se instalou entre nós
é o som do silêncio calado
que demarca o espaço ocupado
que fere como espada afiada,
que míngua a palavra falada,
que desorganiza o pensamento
e contamina o sentimento.
Ruidoso silêncio!
Que toma posse do vulcão interior
fragmentando o nosso amor.

Rozelene Furtado de Lima
Teresópolis- Rio de Janeiro - Brasil
www.rozelenefurtadodelima.com.br

Professora, bibliotecária, escritora, contista, poeta, artista plástica. Coautora em 405 Antologias nacionais e internacionais. Textos publicados em Portugal, França, EUA, México, Espanha, Itália, Alemanha, Uruguai, Argentina, Chile, Bolívia e Suíça. Cinco livros publicados. Membro de diversas Academias de Letras de Artes, entre elas, a Academia Teresopolitana de Letras. Prêmios Nacionais e internacionais: Menção Honrosa Prêmio Nosside de Poesia Calábria-IT 2016; 1º lugar no Concurso Sem Fronteiras pelo Mundo Poesia-2016 ; Prêmio Literarte “Melhores Coletâneas de Conto” 2016; Prêmio Nordestino de Literatura Ed.Mágico de OZ 2016. 2º Prêmio Talentos Helvéticos-Brasileiros “Melhores livros de Contos” 2017

 
 
 
 
 

Sanjo Muchanga

 
 

AGORA SOU POETA
Sanjo Muchanga

Somos criaturas diferentes:
quando penso na igreja
tu pensas na cerveja
e ela na inveja.

Quando procuro calma
tu procuras a cama
e ela fere a alma.

Eu adoro viver
tu amas beber
e ela gosta de ceder.

Eu estou seguro
tu és prematuro
e ela anda no escuro
fascinando defeitos.

Sanjo Muchanga
Maputo - Moçambique

Sanjo Muchanga, nascido em Moçambique, província de Maputo, residente na Cidade de Maputo, funcionário Público, poeta e escritor, com participações em Antologias da Solar de Poetas, ALPAS, Colectânea Horizonte, Colectâneas Leveza da Alma, Colectânea Som de Poetas, Colectânea Palavras de Veludo, Colectânea Poetizar o Mundo, Revistas Literárias Trupe Reticencias em Versos, Folhinha Poética e Entrementes. Distinguido duas vezes pela Solar de Poetas e reconhecido pelo mérito pela Solar dos Poetas, e certificado pela Sociedade Mundial de Poetas pela participação na colectânea Leveza da Alma. É Membro e criador do Movimento Literário Ensaísta Kamubukuane. Leitor da Associação de Escritores Moçambicano, Membro da Sociedade de Direitos de Autores – SOMAS

 
 
 
 
 

Sérgio Diniz Barros Guedes

 
 

FREIOS DA VIDA
Sérgio Diniz Barros Guedes

Pelas águas claras do viver
vejo a rota do meu destino...
tantas belezas em luta,
na labuta dos dissabores...
os tributos pagos em desatino
descontrola a felicidade...
o rigor dos duros freios da vida,
deixa alma ferida
nos espaços temerários...
o frágil vôo em solidão,
deságua na amplidão
inundando minha face.

Sérgio Diniz Barros Guedes
Porto Alegre - RS - Brasil
http://reinodafantasia.jimdo.com
http://encantosdaalma.jimdo.com
http://frestapoeticainfantojuvenil.jimdo.com
http://sergioguedes23.wix.com/guedespoesias
http://www.recantodasletras.com.br/autores/sergioguedes

Sérgio Diniz Barros Guedes nasceu em Maragogipe - Bahia, atualmente reside em Porto Alegre - RS. Formado em Administração de Empresas, Professor de Administração Hospitalar.
Descobriu na adolescência o prazer pela poesia, desde então não parou mais de escrever. Encontrou nesta forma, o modo de expressar seu pensamento, fazendo brotar o sentimento, com a magia da alma e o encanto dos olhos, no navegar dos sonhos.