DEZEMBRO de 2017

Ano VIII - Número L

 

Rosinha Bonette

 

NATAL
Por Rosinha Bonette


O que é o Natal? Natal é o resumo do espírito da doce amizade que brilha todo o ano. É consideração e bondade.
É a esperança renascida novamente para trazer paz, entendimento e benevolência para os homens.
Natal não é fim de ano, Natal é recomeço, é nascimento, é a esperança de que um novo ano se aproxima.
É o desejo de ter conosco todas essas pessoas queridas fazendo parte de nossa vida.
Natal é a ternura do passado, o valor do presente e a esperança de um futuro melhor.
É festejar com as pessoas que amamos a fartura e o amor que nos foi dado pelo sacrifício de um homem que nasceu menino e subiu aos céus para sentar-se ao lado do Criador.
É o desejo mais sincero de que cada coração se encha com bênçãos ricas e eternas e que cada caminho nos leve à paz.
Que o seu Natal seja: brilhante de alegria, iluminado de amor, repleto de paz e recheado de harmonia.

Rosinha Bonette
Itatiba - SP - Brasil


Rosa Bonette, conhecida como Rosinha Bonette.Funcionária Pública Municipal. Graduada em Pedagogia, Pós-graduada em Psicopedagogia e Educação Especial, atuando na area da Educação com Atendimento Educacional Especializado com alunos da Rede Municipal. Escrever é minha paixão.

 

 

 

Rozelene Furtado de Lima

 

GLORIOSO MOMENTO
Rozelene Furtado de Lima

O lugar foi escolhido para Ele nascer
Numa estrebaria humilde iria acontecer
De súbito tudo ficou diferente
Uma luz poderosa e reluzente
Inundou o lugar de raios brilhantes
A pobreza desapareceu em instantes
O momento preparado pelo Criador
Tudo transformado em riqueza de amor
A estrebaria virou um palácio suntuoso
O comedouro foi o berço mais majestoso
A palha do chão ficou macia e aquecida
No céu, luminosa Estrela Guia aparecida
Encaminhou reis com presentes valiosos
Testemunhas de tempos milagrosos
Anunciado o esperado acontecimento
O Natal do Filho de Deus, glorioso momento!
A Mãe de Jesus fez-se Mãe da humanidade
Preencheu o vazio da proteção e bondade
Mãe de todos nós e trouxe a grande Luz
A verdadeira Luz que afasta a escuridão
Nasceu a salvação, o menino Deus, JESUS!

Rozelene Furtado de Lima
Teresópolis- Rio de Janeiro - Brasil
www.rozelenefurtadodelima.com.br


Professora, bibliotecária, escritora, contista, poeta, artista plástica. Coautora em 405 Antologias nacionais e internacionais. Textos publicados em Portugal, França, EUA, México, Espanha, Itália, Alemanha, Uruguai, Argentina, Chile, Bolívia e Suíça. Cinco livros publicados. Membro de diversas Academias de Letras de Artes, entre elas, a Academia Teresopolitana de Letras. Prêmios Nacionais e internacionais: Menção Honrosa Prêmio Nosside de Poesia Calábria-IT 2016; 1º lugar no Concurso Sem Fronteiras pelo Mundo Poesia-2016 ; Prêmio Literarte “Melhores Coletâneas de Conto” 2016; Prêmio Nordestino de Literatura Ed.Mágico de OZ 2016. 2º Prêmio Talentos Helvéticos-Brasileiros “Melhores livros de Contos” 2017

 

 

 

Ruth Gentil Sivieri

 

MORTO ESSE AMOR...
Ruth Gentil Sivieri

Nem o sonho ficou, pois já morreu
Logo eu que acreditei te amar um dia,
Mesmo sendo quimera, fantasia,
Nenhum resto de amor sobreviveu.

Meu coração há muito pressentia
Por dores e agonias que sofreu,
Que tudo entre nós dois terminaria.
Qual de nós foi culpado? Tu ou eu?

Minha esperança dei como perdida,
Pois só agora entendi que é desfeito
Que a hora triste chegou, sempre é assim...

Como é contraditória nossa vida...
A dor não é somente no meu peito,
Hás de amargar também o triste fim...

Ruth Gentil Sivieri
Belo Horizonte - MG - Brasil


Ruth Olinda Gentil Sivieri nasceu em Ituiutaba-MG. Descendente por ambos os lados, de família italiana.Incentivada desde a infância, gosta muito de ler, principalmente poesias, sendo seus autores preferidos: J.G. de Araújo Jorge, Vinícius de Moraes, Cecília Meireles, Fernando Pessoa, Mário Quintana, Drummond e outros.
Graduada em Letras ( Português/Inglês) e Pedagogia, sendo pós-graduada em Análise e Produção de Textos e também pós-graduada em Supervisão Pedagógica. Mestrado incompleto em Linguística pela PUC. Ministrou aulas de Língua Portuguesa e Literatura Brasileira para o Ensino Fundamental e Médio, aposentando-se pela Secretaria de Educação de Minas Gerais . Foi Supervisora de Divisão de Ensino, concursada e aprovada e Assessora Pedagógica da Faculdade de Uberaba. Ainda como professora, publicou alguns artigos pedagógicos, um livro - que apenas circulou no colégio - pois tratava-se de auxílio aos alunos e professores de outras áreas: FUNDAMENTOS ESSENCIAIS DA GRAMÁTICA (1987). Tem um livro editado : TECENDO SONHOS (Corpus Editora- 2013- Portugal). Possui várias páginas na internet, de site amigos e vários sonetos no site de Regina Coeli Ribeiro Rocha, O SECULAR SONETO. O que gostaria de passar a quem lê seus textos, é que é uma pessoa simples, espiritualista e que ainda crê na bondade das pessoas.

 

 

Ruy Serrano

 

TEMPO DE OUTONO
Ruy Serrano

Folhas amarelecidas pelo tempo
Caiem desamparadas no chão,
Sopradas pelos ventos do suão,
Como os anos um contratempo.

É tempo de outono, de depressão,
Tempo de lágrimas caídas do céu,
Dos muitos mortos que já lá estão,
Que se finaram em noite de breu.

É tempo de outono, dia tristonho
Sombrio, ventoso e tão chuvoso,
Que os pássaros voam tímidos,
Procurando fazer os seus ninhos.

É tempo de outono, em que sonho,
E que meu sono acasala com a lua,
Deixando-me só a escrever poesia,
No meu leito em noite de magia.

O meu desalento é tão profundo
Como o vento do fim do mundo,
Que chega forte, sem compaixão,
Me penetra na alma e no coração.

É tempo de outono, como deserto,
Que deixa as árvores desnudadas,
Sedentas de sede e de humidade,
Para não partirem pra eternidade.

É TEMPO DOS NAMORADOS
QUE ESTÃO APAIXONADOS.
É TEMPO DE OUTONO,
É TEMPO DE SONHOS.

Ruy Serrano
Tomar - Portugal